conecte-se conosco
Alexandre Carneiro, presidente do Conselho Deliberativo do Náutico Alexandre Carneiro, presidente do Conselho Deliberativo do Náutico

NáuticoPEÚltimas

Deliberativo do Náutico reabre processo administrativo contra superintendente e abre debate para protocolo em casos de assédio

Publicados

em

Depois da repercussão das acusações de assédio sexual dentro do Náutico, o Conselho Deliberativo do clube decidiu por reabrir o processo administrativo que que havia sido pedido por Tatiana Roma e arquivado pelo órgão. Além disso, o CD ainda marcou deliberação para debater sobre a inserção de protocolos para lidar com processos administrativos sobre assédio dentro do seu Regimento Interno e como Proposta Estatutária para todo o clube.

Essas decisões foram comunicadas por meio de um ofício do CD, destinado a todos os conselheiros ativos do Timbu, convocando uma sessão extraordinária para às 19h da próxima segunda-feira, dia 29, para colocar essas pautas em debate.

O documento foi redigido com a data do dia 22, a última segunda-feira, justamente o dia no qual a denúncia contra o superintendente financeiro do Náutico, Errisson Rosendo de Melo, veio à tona.

Segundo o documento, a convocação é motivada não apenas pela denúncia de Tatiana Roma (recebidas pelo conselho em 3 de setembro e 28 de outubro deste ano), mas, também, pelo noticiamento da existência de outras possíveis vítimas do mesmo denunciado. Além disso, o debate também seria um requisito da diretoria executiva do clube.

Assim, a Mesa Diretora do Conselho Deliberativo reabriu o processo administrativo levantado por Tatiana, que havia sido arquivado, e marcou essa sessão extraordinária para deliberar sobre o rito a ser adotado nessa pauta.

Além disso, a reunião também irá debater sobre a inclusão, em Regimento Interno e Proposta Estatutária, de um rito especial para o conselho e o clube lidarem com eventuais processos administrativos disciplinares relacionados a assédio e importunação sexual.

O caso

Os bastidores do Náutico estiveram bastante movimentados nos últimos dias, após a denúncia de importunação sexual feita pela ex-diretora Tatiana Roma, pedindo o afastamento do acusado, o superintendente financeiro do clube, Errisson Rosendo de Melo, irmão do presidente Edno Melo.

Depois da divulgação da história, o clube admitiu ter tido conhecimento da denúncia e o acusado pediu afastamento do clube. Tatiana também divulgou trechos de uma conversa com o presidente do Conselho Deliberativo, Alexandre Carneiro (foto), solicitando o afastamento do superintendente, algo que foi rebatido por Alexandre, que garantiu ter explicado o rito jurídico para ela.

O assunto já começou a gerar pressão por parte de patrocinadores do clube, e também já levou o Náutico a acertar parceria com uma consultoria especializada no combate ao abuso às mulheres.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending