conecte-se conosco

BASérie BÚltimasVitória

No Barradão, Vitória perde para o Vila Nova e cai para a Série C

Resultados da rodada também não ajudaram Leão, que vai jogar a Terceirona após 16 anos

Foto: Pietro Carpi/ ECV

Publicados

em

Na tarde deste domingo, o Vitória precisava vencer e secar os adversários pela permanência na Segundona. Mas nada disso aconteceu. No Barradão, o Rubro-negro sofreu gol no fim de Éder, perdeu por 1 a 0 para o Vila Nova e está rebaixado para a Série C do Campeonato Brasileiro, 16 anos depois, em um novo capítulo triste da história do clube.

Nos demais jogos que interessavam, nenhum resultado ajudou: o Remo empatou (com o Confiança), enquanto o Londrina venceu (o Vasco de goleada). Desta forma, a equipe paraense juntou-se ao time baiano no descenso à Terceirona. O Rubro-negro terminou a Série B em 18º lugar, com 40 pontos, enquanto o Remo foi 17º colocado (43) e o Londrina, 16º (44).

Queda esperada

O rebaixamento do Vitória, aliás, não surpreende, uma vez que o clube passou por uma ano de grande instabilidade. Dentro e fora de campo. Além das quatro linhas, houve várias polêmicas na gestão, com investigação e afastamento do presidente Paulo Carneiro, além da licença (por questão de saúde) do vice Luiz Henrique Vianna.

Dentro de campo, o Rubro-negro até fez boas campanha no Nordestão, chegando nas semifinais, e na Copa do Brasil, avançando às quartas. Mas foi só. Deu vexame no Estadual sem conseguir a classificação e, na seletiva do Regional de 2022, acabou eliminado e está fora da competição. Na Série B, passou boa parte do campeonato na parte inferior da classificação.

O jogo

Precisando do resultado em casa, o Vitória tentou tomar a iniciativa, mas esteve pouco inspirado no primeiro. Com a posse de bola, rondou a área mas encontrou dificuldades para infiltrar, com erros de execução e tomada de decisão.

Tanto é que finalizou oito vezes no primeiro tempo, mas nenhuma na barra. Além disso, teve mais posse de bola (56%) e escanteios (nove contra dois). Por outro lado, pouco sofreu defensivamente do adversário goiano sem pretensão na rodada final.

Segundo tempo

Para a etapa complementar, o cenário do jogo não mudou. O Vitória seguiu melhor, com mais ímpeto, mas também continuou com as mesmas dificuldades criativas. A melhor chance ocorreu aos 12 minutos, quando Marcinho aproveitou pivô após sobra dentro de área e finalizou bem, mas parou em Georgemy.

Com o passar do tempo, promoveu mudanças ofensivas, como as entradas de Eron, Alisson Santos, Hitalo e Manoel, a fim de renovar o gás do time. Porém, o Vitória não conseguiu marcar e, no fim, acabou sofrendo gol de Eder. Revés por 1 a 0 e queda confirmada à Terceirona.

Ficha

Vitória

Lucas Arcanjo; Raul Prata, Thalisson Kelven, Wallace Reis, Roberto; Cedric (Bruno Oliveira), Eduardo (Manoel), Fernando Neto; Fabinho (Hitalo); David (Eron) e Marcinho (Alisson Santos). Técnico: Wagner Lopes

Vila Nova

Georgemy; André Krobel, Renato Silveira, Xandão, Willian Formiga; Kallyl, Pedro Bambu, Tiago Real; Alesson, Clayton e Alan Grafite (João Pedro). Técnico: Higo Magalhães

Local: Barradão, Salvador
Gols:
Cartões amarelos:
Público: 5.956
Renda: R$ 60.916,50

Trending