conecte-se conosco
Lucas Crispim, do Fortaleza Lucas Crispim, do Fortaleza

CEFortalezaSérie AÚltimas

De volta ao Fortaleza após lesão, Crispim se diz pronto para jogar contra Juventude como titular

Foto: Leonardo Moreira/Fortaleza

Publicados

em

O meia e ala Lucas Crispim passou praticamente um mês afastado do time do Fortaleza por conta de uma lesão na coxa, e o Leão sentiu muito a falta do atleta, já que é uma das principais válvulas de escape do sistema ofensivo e também nas bolas paradas. De acordo com o jogador, a previsão de retorno era para o começo de 2022, se não fosse o tratamento intensivo pelo qual passou.

“Eu tive uma lesão muito grave. Quando eu recebi a notícia do resultado do exame, a previsão era para retornar só ano que vem. Mas, graças a Deus, com a ajuda dos médicos e fisioterapeutas, com o trabalho intensivo que a gente fez, pude voltar para ajudar o Fortaleza. Então estou buscando estar 100% para poder ajudar meus companheiros e espero estar 100% na sexta-feira para poder jogar”, afirmou Crispim.

O ala voltou a campo na última quinta-feira (25), quando o Fortaleza foi derrotado pelo Santos por 2 a 0. Mesmo com a derrota, voltar a campo já foi suficiente para ajudar a aumentar a confiança do jogador. Apesar de não estar ainda 100% para jogar os 90 minutos, Lucas Crispim já se colocou à disposição do técnico Juan Pablo Vojvoda para iniciar a partida como titular pelo Tricolor.

“Estou à disposição do treinador, se ele quiser me utilizar. Claro que a gente fica um tempo fora, fiquei um mês e pouco, cinco a seis jogos afastado, a gente perde um pouco de ritmo. Não tem como falar que está 100% com questão de jogo, mas com o tempo a gente vem adquirindo. Mas estou pronto para, caso o professor queira me utilizar como titular, poderei ajudar”, acrescentou o atleta do Fortaleza.

Conta pela vaga na Libertadores

Matematicamente, o Fortaleza está muito próximo de garantir uma vaga na Libertadores, com 99,3% de chance, segundo o Departamento de Matemática da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Porém, o clube almeja também a vaga direta na fase de grupos e, para isso, é preciso pelo menos duas vitórias nos últimos três jogos. Crispim disse que o plantel tem deixado esses cálculos de lado e estão pensando somente no jogo a jogo.

“A conta nossa hoje é simples. Três pontos contra o Juventude na sexta, depois pensamos no resto. Temos que pensar no próximo jogo, nessa vitória e deixar essas contas para os matemáticos. Porque queremos vencer essa primeira partida, depois pensamos no Cuiabá e no Bahia. Estamos com a cabeça no Juventude para conquistarmos esses três pontos e ficar ainda mais próximos do nosso sonho”, encerrou.

Confira a coletiva de Lucas Crispim, do Fortaleza

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending