conecte-se conosco

PESportÚltimas

Com quase 40 ações na CNRD, Sport tenta acordo com Thomás para evitar nova punição

Ex-meia cobra R$ 250 mil ao clube, que faz contatos por negociação

Foto: Williams Aguiar/ Sport Recife

Publicados

em

O Sport sofre com as gestões temerárias que teve nos últimos anos e atualmente convive com 36 processos na Câmara Nacional de Resolução de Disputas (CNRD), que totalizam cerca de R$ 20 milhões em débitos. Atualmente, inclusive, o clube está punido de registrar novos jogadores por conta de uma dívida de R$ 1.5 milhão com Rithely. Mas este pode não ser o único problema a curto prazo.

LEIA: Proibido de registrar atletas, Sport negocia acordo com Rithely por dívida de R$ 1.5 mi

Isso porque o Sport também tem uma ação pendente com o meia Thomás, que passou pela Ilha do Retiro há pouco mais de três temporadas, e cerca de R$ 250 mil entre verbas trabalhistas e direitos de imagens que não foram pagos pelo clube na ocasião.

Desta forma, o departamento jurídico rubro-negro se prepara e tenta se antecipar ao caso para chegar a um acordo junto ao jogador, que atualmente defende o Atromitos, da Grécia.

“Thomás estamos tentando negociar, tive um contato com o jogador e com o advogado dele e estamos levantando para ver o que podemos fazer para matar esse processo”, disse o vice-presidente jurídico do clube, Rodrigo Guedes, ao repórter Antônio Gabriel, da Rádio Jornal.

Thomás atuou pelo Sport por um ano, entre meados de 2017 e 2018, após bom início de temporada pelo rival Santa Cruz. Na Ilha do Retiro, entretanto, pouco fez. No total, foram 28 partidas pelo Leão, com três gols. Ao deixar o clube, rumou ao Londrina e depois partiu ao futebol grego, onde está desde o segundo semestre de 2018.

Sem acesso ao BID pelos próximos seis meses, aliás, o Sport fica impossibilitado de registrar contratações ou renovações – que não sejam automáticas, isto é, tenha cláusulas – no sistema da CBF.

Não é novidade

Tornou-se comum, aliás, para o Sport sofrer sanções na CNRD. Entre 2019 e 2020, o clube foi punido em duas oportunidades por débitos com o chileno Mark González, enquanto no começo deste ano uma nova ação envolvendo Marquinhos, Leandro Pereira e Agenor também proibiu o clube de inscrever atletas.

Trending