conecte-se conosco

CECearáFortalezaÚltimas

Governo avalia possibilidade de implantar grama sintética na Arena Castelão em 2022

Publicados

em

Visando a temporada 2022, o gramado do Castelão passará por mudanças. Antes em pauta, a reforma completa do campo precisou ser adiada para não atrapalhar o calendário dos clubes. A partir de agora, haverá apenas uma revitalização, com a possibilidade de que seja utilizado um gramado híbrido no local. Quem explicou o processo foi o Superintendente de Obras Públicas, Quintino Vieira, ao portal Globoesporte.com.

“Vamos ter uma oportunidade de fazer uma viagem ao Maracanã e ver a qualidade (do gramado híbrido) para ver se queremos aplicar aqui no Castelão, com isso, a máquina só vai chegar em fevereiro e temos que contratar a máquina no Brasil e estudar se a partir de 3 de março nós temos condições de entre 12 a 15 dias jogar em outros estádios. Vamos avaliar se queremos esse gramado híbrido para ficar resolvidos por 2022 e 2023. Se não, vamos voltar atrás e manter a quantidade menor de jogos e tratar o gramado do Castelão como uma pérola para que dê até novembro, porque o Castelão deve fechar no dia 12 de novembro. Temos que fazer o trabalho permanente de manutenção dessa grama”, disse.

Outra praça esportiva de grande destaque, o Maracanã, também usará gramado híbrido na próxima temporada. O tipo de grama nada mais é do que uma combinação de grama natural com fibras sintéticas – processo também utilizado em diversos estádios da Europa.

Muito em parte dessa revitalização está relacionada às competições internacionais que Ceará e Fortaleza disputarão em 2022. O Vovô deve entrar em campo ainda em fevereiro pela Sul-Americana e o Leão do Pici joga em abril pela fase de grupos da Libertadores.

Trending