conecte-se conosco

BABahiaÚltimas

Bahia oficializa saída de Gilberto, que se despede: ‘Jamais esquecerei a energia de vocês’

Clube disse que ‘renovação ficou impossibilitada’; veja íntegra

Foto: Felipe Oliveira/ EC Bahia

Publicados

em

De maneira oficial, chegou ao fim a passagem do atacante Gilberto no Bahia. No começo da tarde desta quarta-feira, praticamente no mesmo horário, clube e jogador publicaram as respectivas despedidas nas redes sociais. De acordo com o Esquadrão, não havia como ser feita uma renovação contratual do artilheiro, em término de vínculo com o Tricolor.

Rebaixado para a Segundona, o Bahia passa por reformulação no elenco e processo de readequação financeira – até aqui, mais de dez jogadores deixaram o clube, incluso o recém-contratado Vinícius. No clube, Gilberto tinha um dos maiores salários do elenco e está valorizado após os 26 gols em 2021.

No Bahia desde meados 2018, Gilberto acumula números expressivos. Com a camisa que mais jogou na carreira, ele se transformou no maior artilheiro da Arena Fonte Nova, casa do Tricolor de Aço, igualando Bobô em número de gols pelo clube. Além disso, é de ‘G9’ o posto de maior artilheiro de um time nordestino na elite.

“Artilheiro da Arena Fonte Nova, maior artilheiro do Bahia na história do Brasileirão e 16º maior artilheiro de todos os tempos do Esquadrão, à frente de nomes como Bobô e Marito, o atacante Gilberto não seguirá no clube em 2022. Uma terceira renovação ficou impossibilitada”, publicou o clube.

Ao todo, o centroavante tem 83 gols em 189 jogos nos quatro anos pelo Bahia. Na galeria de troféus, possui uma Copa do Nordeste (2021) e um Campeonato Baiano (2019). Confira, abaixo, o texto de despedida dele.

Nota de Gilberto

‘Por 189 vezes entrei em campo vestindo essa camisa pra defender o Esporte Clube Bahia.

Foram 4 temporadas que me colocaram na história do ESQUADRÃO DE AÇO e que colocaram esse clube na minha trajetória pra sempre.

Não tenho muito o que dizer sobre o que o Bahia passou a representar na minha carreira e, mais importante, no meu coração.

Só queria agradecer.

Se consegui marcas e números com essa camisa, que me puseram ao lado dos maiores nomes da história desse grande clube, não foi sozinho.

Preciso dividir isso com todos os jogadores que estiveram do meu lado durante esse tempo, funcionários, dirigentes e, em especial, com vocês, torcida.

Agradeço por cada vez que me aplaudiram, que me cobraram, me incentivaram. E agradeço por todas as vezes que explodimos juntos em alguma comemoração. Jamais esquecerei a energia de vocês.

Essa torcida me ajudou a ser o melhor que eu poderia ser.

Isso é algo que carregarei sempre comigo e com a consciência em paz: toda vez que entrei em campo pelo Bahia, jogando bem ou mal, acertando ou errando, sei que dei o melhor de mim naquele dia.

Deixei tudo que tinha no campo. Briguei por cada bola. Corri tudo que podia. E vocês não mereciam nada menos que isso.

Mas, como todo ciclo tem um final, chegou a hora de encerrar esse.

Infelizmente não conseguimos evitar que essa minha última temporada terminasse da forma como terminou – e isso me doeu demais.

Eu tinha planejado de uma forma muito diferente na minha cabeça. Mas nem sempre as coisas são como a gente sonha.

Mas saibam que, onde eu estiver, sempre estarei torcendo por esse clube e por vocês.

Obrigado por tudo, mais uma vez.

BBMP ❤️

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending