conecte-se conosco
Dado Cavalcanti foi apresentado no Vitória Dado Cavalcanti foi apresentado no Vitória

BAÚltimasVitória

Dado elogia reforços do Vitória e diz que terá desafio grande no clube

Foto: Pietro Carpi/EC Vitória

Publicados

em

O técnico Dado Cavalcanti foi apresentado no Vitória nesta segunda-feira (3). Ele não participou da montagem do plantel leonino, que precisou ser feito antes da virada do ano, por conta da punição da Fifa contra o clube baiano. Mesmo sem ter sua influência na escolha dos nomes para compor o elenco, o treinador elogiou as contratações. Na sua visão, o Rubro-negro foi criativo na escolha das peças para mesclar experiência com juventude. E, além disso, vê que será um “desafio grande” o ano de 2022.

“Eu até comentei com todos que o Vitória foi muito criativo na montagem do elenco. Não dava para esperar por treinador. O Vitória foi ao mercado, um elenco novo, com jogadores conceituados, mescla de jovens e experientes. Infelizmente não tive participação nenhuma, mas não dava para ter. O Vitória não poderia esperar. E esse é um desafio grande, com elenco novo. Têm dois jogadores que trabalhei efetivamente. Conheço vários como adversários, por obrigação profissional. Esse é o desafio de trabalhar em curto tempo com jogadores novos, elenco novo”, disse Dado Cavalcanti.

O treinador estava sem clube desde agosto, quando foi demitido do Bahia na Série A. Agora, depois de chegar a um acerto com o Leão, ele destacou que, mesmo tendo outras propostas, a do Rubro-negro chamou a atenção e foi a melhor para ele. Dado também destacou que não foi uma negociação demorada e que ela levou o tempo necessário para se concretizar.

“A negociação se deu no tempo certo. Não foi acelerada, não foi lenta. Os dois lados acharam um meio termo. O importante é que o Vitória quis ter o Dado como treinador. Me sinto valorizado aqui. Tive algumas propostas, perspectivas boas. Nesse tempo que fiquei parado, precisava ficar parado. Tive várias propostas. E agora preciso voltar, e a escolha se deu por isso. Tenho convicção de que não estou em um clube de Série C. O Vitória está na Série C fortuitamente. Essa relação pesou demais na negociação”, encerrou.

Trending