conecte-se conosco

Copa do NordestePEPernambucanoSportÚltimas

Vice de futebol tenta tranquilizar torcedor e afirma que Sport tem ‘diversos contratados’

Foto: Anderson Stevens/Sport

Publicados

em

Oficialmente o Sport anunciou apenas a contratação do apenas do argentino Nicolás Watson. Além disso, acertou com Pedro Naressi, do Ceará, e o colombiano Ray Vanegas. Um número pequeno diante das necessidades do clube para a temporada. Porém, o vice-presidente de futebol rubro-negro, Augusto Carreras, tentou tranquilizar a torcida e afirmou que o clube já tem diversos contratados.

No entanto, os trâmites serão respeitados para o anúncio oficial. Apenas depois de todos os exames e da assinatura do contrato é que os nomes serão confirmados pelo clube. 

“O elenco do ano passado precisou ter reformulações do ponto de vista técnico e financeiro. É uma realidade diferente com o descenso do Sport. É um assunto que deixa a torcida numa expectativa grande com relação aos jogadores que serão incorporados ao elenco. E o que a gente tem de mensagem para passar é que essas reformulações estão acontecendo e temos diversos atletas contratados. Mas, para que a gente possa minimizar os erros, vamos divulgar apenas quando o atleta tiver a parte burocrática resolvida, que é a assinatura do contrato, além dos exames laboratoriais, cardiológicos e de imagem. Quando esse processo for concluído, o Sport anuncia as contratações com os jogadores já incorporados ao elenco”, explicou o dirigente.

Sobre as metas da temporada, Carreras ressaltou que o foco principal é voltar para a Série A. Já no primeiro semestre, o vice-presidente quer o Sport lutando por títulos na Copa do Nordeste e no Pernambucano, além de fazer uma boa campanha na Copa do Brasil. 

“O Sport vai disputar quatro competições e é inegável que a meta principal é o acesso. Para devolver o Sport ao lugar em que merece estar, que é a Série A. Mas precisamos de uma campanha para disputar o título da Copa do Nordeste e voltar a desempenhar campanhas gloriosas na Copa do Brasil por conta da rentabilidade financeira e visibilidade. Não dá para repetir as campanhas das temporadas passadas. E o estadual não vamos relegar, vamos disputar para ser campeão. Mas sabendo que em determinados momentos, com jogos com menos de 48 horas, prioridades precisarão ser definidas e vamos decidir a cada jogo junto com o treinador, comissão técnica e o elenco”, pontuou.

Trending