conecte-se conosco

PESportÚltimas

Sport: Vanegas apresenta estilo, revela papo com Florentín e se impressiona com torcida

Colombiano falou sobre expectativas em chegada; leia entrevista

Publicados

em

Terceiro reforço oficializado pelo Sport para a temporada, o atacante Ray Vanegas concedeu entrevista coletiva e passou por alguns temas relacionados à chegada ao clube. Aos 28 anos, o jogador tem a carreira inteira feita no futebol colombiano e passou as últimas três temporadas no Deportivo Pasto. Pouco conhecido no Brasil, ele apresentou as características em campo.

LEIA: Sport inicia semana na expectativa pelo anúncio de pelo menos cinco reforços

Sou um jogador no mano-a-mano muito forte, atuo como extremo mas sempre tento chegar na área, buscar o gol. São uma das características que tenho na minha carreira. Não sou simplesmente um ala, apareço muito por dentro, tenho boa movimentação, direita, esquerda e às vezes de ‘media-punta’ (meia por dentro)”, explicou.

No Sport, Ray Vanegas será comandado pelo paraguaio Gustavo Florentín, que tratou de ligá-lo antes mesmo dele chegar ao Brasil para falar do que pensa e o que espera da equipe para 2022.

“Estava na Colômbia, acho que 26 ou 27 de dezembro, por telefone, (Florentín) me disse tudo o que  queria, o projeto que tem, a identidade de jogo dele. Ele gosta muito de pressionar, comprometimento com a equipe, com a torcida. Tratou de enfatizar isso”, contou o colombiano.

Por fim, o atacante falou sobre a torcida do Sport e se disse impressionado com a recepção que recebeu, especialmente pelo carinho nas redes sociais desde que foi confirmado como reforço do clube.

“Nunca pensei que houvesse muita gente do Sport, tanta torcida. Incrível. Muitas pessoas nas redes, no Instagram. Muita gente me dando recepção ‘ao melhor do Nordeste’”, concluiu Ray Vanegas.

O jogador chega ao Rubro-negro por empréstimo de um ano. Em 2021, ele disputou 35 partidas pelo Deportivo Pasto, com seis gols e uma assistência.

Outros trechos da entrevista coletiva

Adaptação ao futebol brasileiro

“Acredito que seja um jogo similar ao meu, o futebol brasileiro é extraordinário e minhas características se assemelham um pouco ao estilo. Creio que não teremos dificuldades”.

O que motivou a jogar no Sport?

“Uma experiência que queria viver. Foi realmente algo muito curioso porque meu nome, Ray, foi colocado em homenagem a um jogador brasileiro (Raí), do São Paulo, que foi capitão. E cheguei aqui. Espero cumprir as expectativas”.

Inspiração no Brasil

“Neymar”.

Oportunidade de jogar no Sport 

“Quero agradecer muito pela oportunidade, é uma chance grande porque é o melhor futebol da América do Sul. E me sinto com capacidade de jogar, creio muito em mim, Deus tem um propósito comigo. Vou dar tudo”.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending