conecte-se conosco

BABahiaPESportÚltimas

Desejo antigo, Florentín diz que Sport ainda tenta a contratação de Ruiz, do Bahia

Técnico, porém, admitiu que não se trata de uma negociação simples

Foto: Felipe Oliveira/ EC Bahia

Publicados

em

Um dos primeiros alvos do Sport para 2022, externado com o último Brasileirão ainda em andamento, foi o atacante Óscar Ruiz, fora dos planos do Bahia. De lá para cá, a situação, no entanto, pouco mudou. O técnico Gustavo Florentín, por sua vez, ainda mantém expectativas pela contratação dele, passado um mês do interesse inicial. 

LEIA: Blas Cáceres chega ao Recife e passa por exames para fechar com o Sport

Em entrevista à rádio paraguaia 730 AM, Florentín afirmou que ainda tem expectativa de tê-lo no elenco. Ao mesmo tempo, contudo, reconheceu que não será algo simples.

“Em um momento pedi por Óscar Ruiz, falamos com Regis (Marques Chedid, empresário do atleta), com o presidente do Bahia (Guilherme Bellintani), mas a realidade é que está um pouco difícil. Não os descartamos. Esperamos contar com ele”, disse o treinador à imprensa na última segunda-feira.

Ao longo dos últimos dias, a reportagem tentou contato com o representante do atacante, mas não obteve retorno. A diretoria do Bahia, por sua vez, não comenta negociações.

Florentín e Óscar Ruiz, inclusive, já trabalharam juntos no Cerro Porteño, onde o jogador viveu um dos melhores momentos da carreira (em 2017, com 11 gols em 43 jogos) e tornou-se querido pela torcida.

“Óscar Ruiz foi um jogador que tive no Cerro, um jogador que em um momento solicitei por ele quando estava em outra instituição, teve um rendimento muito alto com nós, foi um goleador da equipe. E gostaria, se é que há a possibilidade. Hoje não sei qual a situação dele. Mas é um jogador interessante, que conheço muito bem”, afirmou Florentín há pouco mais de um mês em entrevista coletiva.

O paraguaio foi contratado pelo Bahia no começo deste ano após boas temporadas pelo Cerro Porteño-PAR. E a impressão inicial até foi boa, com gol na estreia diante do ABC depois de apenas cinco minutos em campo. O meia-atacante, entretanto, não conseguiu engrenar.

Em 33 partidas pelo Tricolor, marcou apenas um gol. Em outubro, após a chegada do técnico Guto Ferreira, ele foi colocado para treinar no time de transição. Recentemente, o Banfield-ARG tentou a contratação dele, mas o salário foi entrave. O vínculo de Ruiz em Salvador vai até 2023.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending