Connect with us

Rodolpho MoreiraSérie A

Uma seleção formada por três clubes

Published

on

A Seleção do Nordeste no 1º Turno do Campeonato Brasileiro se divide entre os times cearenses e o Sport, pois o Bahia não mostrou desempenho para eleger qualquer um de seus atletas ao escrete, algo que às vésperas do início da competição se esperaria do rubro-negro pernambucano. O predomínio de Ceará e Fortaleza premia trabalhos construídos em cima de diferentes conceitos, sendo o do alvinegro pautado na capacidade inegável de Guto Ferreira de alcançar resultados imediatos e do tricolor alicerçado pelo trabalho de longo prazo feito com Rogério Ceni.

Goleiro

Homem de confiança de Ceni, a aptidão para jogar com os pés é apenas uma das virtudes de um goleiro seguro e que fica a frente de Luan Polli pelo maior número de jogos.

Lateral-direito

Figura certa no Campeonato Brasileiro, em seu regresso ao rubro-negro após sucessivas temporadas no Atlético/MG tem sido uma peça fundamental no momento ofensivo, sobretudo nas transições.

Zagueiro

Imponente no jogo aéreo, o defensor ainda chamou atenção pela maestria nas cobranças de pênalti, e os gols marcados foram justamente o diferencial que o fizeram ganhar a vaga nesta lista em disputa com Adryelson.

Zagueiro

Um dos maiores feitos de Ceni, que recebeu em 2019 um zagueiro que fugia das características preferidas do treinador e o transformou, mesmo em idade já avançada, num defensor de virtudes construtivas e eficiência defensiva.

Lateral esquerdo

Nome do gosto deste que vos escreve, Pacheco é uma válvula de escape ofensiva qualificada e útil em diversos contextos de jogo, dando pouca brecha para o reserva Alyson. Seus números o credenciam como o dono da posição no NE.

Volante

Parafraseando o filósofo João Pedro Pereira, é um volante “de linha de fundo a linha de fundo”, presente em todo o campo, um vigor físico que se soma ao repertório técnico e leitura tática.

Volante

Surpresa da lista pelo início de ano claudicante, Mugni se tornou um “jogador sistema” no Sport de Jair Ventura: o time muda com ele em campo. Algo que não é ofertado pela maior parte dos atletas no plantel leonino

Meia

O ótimo Fernando Sobral deslanchou em 2020 evidenciando suas valências diversificadas. Sobra fisicamente, obedece taticamente, contribui defensivamente e aparece ofensivamente.

Meia

Nome incontestável na lista, se tornou um formidável definidor de jogadas. Seja dando passes u finalizando, Vinicius dificilmente deixa que a jogada se torne improdutiva. Vive seu auge na carreira.

Atacante

Justificando o maciço investimento feito, David “chegou”. Finalmente demonstrou encaixar no modelo de Ceni, com participações decisivas no último terço de campo e auxílio na criação.

Atacante

Sua queda de performance faz de seu nome questionável nesta lista, mas conta com uma concorrência fraca pelo momento apagado de outros nomes que jogam centralizados.

Técnico

Vive um momento de consolidação e reconhecimento no mercado. É visto como um dos melhores do país, produto dos seus últimos anos no Fortaleza e também da campanha feita neste campeonato. Extrai desempenho máximo de atletas cuja performance raramente foi maior com outros treinadores.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending

Copyright © 2020 NE45. Todos os direitos reservados