conecte-se conosco

BABahiaSérie AÚltimas

Em jogo com duas viradas, Bahia cai para Flamengo e perde a 5ª seguida

Publicados

em

O Bahia até que tentou, mas não deu. Mesmo com um a mais desde os 10 minutos de jogo, o Esquadrão reagiu após sair atrás por 2 a 0 no placar, virou com Ramírez e Gilberto, duas vezes, mas acabou sucumbindo ao Flamengo no Maracanã. Com gols de Bruno Henrique, Isla, Vitinho e Pedro, o Tricolor de Aço perdeu por 4 a 3 na noite deste domingo, pela 26ª rodada, e agora acumula a quinta derrota consecutiva na Série A.

Como fica?

Entretanto, apesar do novo revés, os baianos ainda seguem fora do Z4 do Brasileirão. Com 29 pontos conquistados, o Esquadrão tem o mesmo saldo que o Vasco, primeiro clube dentro da zona de rebaixamento, mas sai na frente do Cruzmaltino em número de vitórias (8×7). No próximo domingo, pela 27ª rodada, o Bahia volta à Fonte Nova para enfrentar o Internacional. É o último duelo antes de fechar o ano.

Preço alto pela desatenção

A estratégia de Mano Menezes de apostar em um jogo reativo sucumbiu logo aos quatro minutos. Após erro na zaga, Bruno Henrique avançou, driblou Ernando e chutou na gaveta de Douglas. Sem chance de defesa. Mas a partir daí, o Rubro-negro perdeu Gabigol por expulsão e o Bahia encontrou uma brecha para se expor mais ao ataque.

Tentou com Nino, aos 22, e Gilberto, aos 29, obrigando Diego Alves fazer boas defesas. Porém, a ducha de água fria veio. Aproveitando os espaços deixados por Juninho, Bruno Henrique entrou novamente em ação e serviu Isla para ampliar o placar no Maracanã.

Avassalador no início…

Quando o resultado parecia selado para o Flamengo, o Bahia se mostrou avassalador nos primeiros minutos do segundo tempo. Precisou, na verdade, de 15, e teve mais uma vez o protagonismo de um carrasco recente do Rubro-negro: Gilberto. Aos cinco minutos, veio a resposta. Primeiro, com Juan Ramírez. O colombiano recebeu dentro da área e tocou por baixo de Diego Alves. Depois, Gilberto, de longe, finalizou no ângulo do goleiro carioca, empatou o jogo e depois virou, de cabeça.

Mas sucumbiu no fim.

Vencendo até os 36 minutos do segundo tempo, o Esquadrão, porém, não matou o jogo quando pôde. Um grande erro quando se joga diante de uma das melhores equipes do Brasil. E aí Pedro, seis minutos depois de entrar, empatou para o Flamengo, após lançamento na área de Filipe Luís. E ainda chamaria a responsabilidade para si, mais uma vez. Aos 44, deu passe de letra para Vitinho decretar a quinta derrota consecutiva do Bahia na Série A.

Trending