conecte-se conosco

Lucas Liausu

O buraco que Mugni deixa no Sport

Publicados

em

A saída do argentino Lucas Mugni do Sport antes do fim do Campeonato Brasileiro caiu como uma bomba entre os torcedores rubro-negros. Mugni, apesar de estar bem longe de ser um craque, vinha sendo um dos poucos destaques do time na Série A e se tornou imprescindível para o esquema de Jair Ventura por alguns motivos.

VEJA MAIS: Confira aqui outras notícias do Sport

O primeiro deles é a entrega em campo. O argentino, se escalado no meio de campo, consegue cumprir bem os papeis defensivos e ofensivos ao mesmo tempo que vê companheiros sequer fazendo suas funções com qualidade. Mugni se notabilizou pela força na marcação e, apesar do jeito desengonçado, pela chegada no ataque para ajudar Thiago Neves, Marquinhos ou quem mais estiver por lá.

LEIA: Salário, cláusulas… veja valores e entenda bastidores que levaram Mugni a sair do Sport

Outro fator que pesa nessa saída de Mugni é a falta de reposição no elenco. Só para efeito de comparação: se o Sport não tem reserva para Marquinhos, que tem uma partida regular e cinco ruins, imagina para Mugni, que vinha se destacando. Nenhum dos volantes/meias faz o que ele fazia.

Por ter essa característica dupla, Mugni resolvia uma parte dos problemas de Jair Ventura, que agora vai precisar quebrar a cabeça para montar o time titular. A trinca de volantes com Marcão, Ricardinho e Betinho me parece ser o caminho inicial mais sensato, mas nenhum deles ajuda na frente como Mugni. Assim como Thiago Neves não tem a característica defensiva do argentino.

O mais inacreditável de toda essa história é o Sport perder o seu principal jogador para ele mesmo. Mugni dificilmente vai jogar em outra equipe até  fevereiro. O caminho natural seria uma renovação até o fim do Brasileiro (fim de fevereiro), mas por erros  do próprio clube, isso não foi possível. O Sport deve a Mugni, que se valorizou e optou por iniciar 2021 em alta. Talvez sem a carga negativa de um possível rebaixamento do Sport para a Série B.

Continue lendo
1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending