conecte-se conosco

CERNSérie DÚltimas

Floresta vence América-RN e larga com vantagem na briga pelo acesso à Série C

Foto: Canindé Pereira/América-RN

Publicados

em

No único confronto entre nordestinos pelas quartas de final da Série D, deu Floresta. O time cearense suprimiu as ações do América-RN – que pouco fez – no jogo de ida no Castelão, e venceu a equipe potiguar por 2 a 0, com gols de Deyvinho, aos 5 do 1T, e Flávio Torres, aos 35 do 2T. Agora, o Lobo da Vila decidirá o acesso à Série C no próximo domingo (8), na Arena das Dunas, em Natal.

Os cálculos

O resultado, além de representar um grande passo para o Floresta subir de divisão, mantém a invencibilidade do time jogando sob seus domínios. No Castelão, foram sete vitórias e três empates. Em toda a Série D, até aqui, o time comandado por Leston Júnior perdeu apenas duas vezes.

Pelo jogo da volta, o Lobo pode perder por um gol de diferença que garante o acesso. Se perder por dois, a decisão vai para os pênaltis. Ao América-RN cabe vencer por três gols de diferença para se classificar. Missão difícil, mas que não se mostrou impossível nos últimos dois confrontos, quando o Alvirrubro goleou Coruripe e Galvez-AC por 5 a 0 e 5 a 1, respectivamente.

Superior

Dominante, o Floresta jogou bem melhor do que o América-RN no primeiro tempo. Forte na marcação e inibindo a troca de passes do time potiguar, que também errava muito, o Lobo assustou pela primeira vez logo aos cinco minutos. Thalysson recebeu livre de fora da área e chutou com perigo, rente à trave do ângulo de Ewerton.

Seguindo na pressão, 15 minutos depois veio o merecido gol do time cearense. Em belo cruzamento de Fábio Alves, Deizinho subiu mais que a zaga, cabeceou e abriu o placar no Castelão. Seu sétimo gol com a camisa do Floresta, o artilheiro do time na Série D. Já nos acréscimos, o América-RN tentou esboçar uma reação, mas sem sucesso, sequer levou perigo ao gol de Douglas.

Mais posse, menos efetividade

O América-RN voltou ao segundo tempo tendo mais posse de bola, mas esbarrou na pouca efetividade – sobretudo do ataque, que nada agrediu o goleiro Douglas Dias. E viu, mais uma vez, o Floresta ser letal quando o time parecia encontrar equilíbrio no jogo. Depois de Ewerton, aos 21, tirar em cima da linha a cabeçada de Luís Soares, veio a ducha de água fria. Flávio Torres, aos 35, em bela jogada na direita, teve apenas o trabalho de escorar para ampliar o placar no Castelão. Triunfo merecido.

Ficha técnica

Floresta 2

Douglas Dias, Lito, Wiliam Goiano, Alisson e Jô; Fábio Alves, Thalison e Marconi; Flávio Torres, Luís Soares e Deysinho. Técnico: Leston Júnior.

América-RN 0

Ewerton, Everton Silva, Edimar, Marcelo e Felipe Guedes; Carlos Renato, Robson e Romarinho; Tarta, Rodrigo Andrade e Wallace Pernambucano. Técnico: Paulinho Kobayashi.

Continue lendo
1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending