conecte-se conosco

ALBABahiaCECearáCopa do BrasilCSAFortalezaMANáuticoPBPEPIRNSanta CruzSESérie ASérie BSérie CSérie DSportÚltimasVitória

CBF oficializa regulamento da Copa do Brasil de 2021, com mudanças

Times da Libertadores e campeões da Série B, Copa do Nordeste e Copa Verde entrarão na terceira fase

Foto: Lucas Figueiredo/ CBF

Publicados

em

A CBF oficializou, nesta terça-feira, o regulamento da Copa do Brasil de 2021. A competição terá 92 clubes (um a mais que a última edição) e uma fase a menos (reduziu de oito para sete). Além disso, os times que disputam a Taça Libertadores, os campeões da Copa Verde, Copa do Nordeste e Série B entrarão mais cedo no torneio nacional, a partir da terceira fase e não mais nas oitavas de final.

Como ficou a competição fase a fase 

Primeira fase (3 e 10 de março)

São 80 times divididos em oito potes com dez equipes cada, com base no ranking da CBF, definido ao término da temporada. O pote A enfrenta o pote E, o pote B encara o pote F, o pote C pega o pote G e o pote D duela com o pote H. 

Os times fazem confronto em jogo único com mando de campo para a equipe de pior ranking, mas o clube visitante tem a vantagem do empate. Os duelos serão definidos através de sorteio, que norteiam também a próxima fase.

Segunda fase (17 de março e 7 de abril)

São os 40 times classificados que se enfrentam, em jogo único, com base no chaveamento realizado através do sorteio da primeira fase, que estabelece também o time detentor do mando de campo. Aqui, não há vantagem: em caso de empate, o confronto vai para os pênaltis. 

Terceira fase (2 e 9 de junho)

São os 20 times classificados, acrescidos dos 12 que disputam a Taça Libertadores (podem variar de sete a nove), do campeão da Copa do Nordeste, do campeão da Copa Verde e o Campeão da Série B.

Nesta fase, será realizado novo sorteio, com os 16 melhores times do ranking de um lado da chave e os demais 16 do outro. Os confrontos, a partir daqui, serão de ida e volta, com os mandos a serem definidos também pelo sorteio.

Quarta fase – oitavas de final (28 de julho e 4 de agosto)

São os 16 times classificados, que se enfrentam em ida e volta, com duelos e mandos de campos a serem definidos em novo sorteio, sem distinção de pote ou ranking. 

Quinta fase – quartas de final (25 de agosto e 1º de setembro)

São os oito times classificados, que se enfrentam em ida e volta, com duelos e mandos de campos a serem definidos em novo sorteio, sem distinção de pote ou ranking – a partir de então, este chaveamento norteará as próximas fases da competição.

Sexta fase – semifinal (8 e 15 de setembro)

São os quatro times classificados, que se enfrentam em ida e volta, com duelos e mandos de campos definidos pelo chaveamento estabelecido no sorteio da fase anterior.

Sétima fase – final (20 e 27 de outubro)

São os quatro times classificados, que se enfrentam em ida e volta, com duelos e mandos de campos definidos pelo chaveamento estabelecido no sorteio da quinta fase. 

Destaques – por Thiago Minhoca

Analista do NE45 e comentarista do Podcast 45 Minutos, Thiago Minhoca traz observações sobre o formato e regulamento da competição. Primeiro, destaca que um time da Série A entrará diretamente na terceira fase, mesmo fora da competição continental e sem título regional. “Como não tem mais de nove equipes na Libertadores, já é certo que o melhor da Série A 2020 sem Libertadores estará na Fase da Copa do Brasil de 2021”.

Além disso, Thiago Minhoca alerta que a ordem de chamada dos clubes pode afetar na edição da Copa do Nordeste de 2020, onde o Ceará sagrou-se campeão. Isso porque o Vozão aparece com chances, atualmente, de Libertadores ou até mesmo ser o melhor do Brasileiro sem vaga na competição continental – o Alvinegro, no momento, é o 10º colocado. 

“O Ceará, se entrar via Libertadores, é o Bahia que ocupa a vaga via Copa do Nordeste (como vice do torneio)”, diz. “Se o Ceará estiver na faixa de classificação da Série A que vai para a terceira fase sem Libertadores, ele seguirá entrando como campeão da Copa do Nordeste e a vaga vai pro melhor classificado da Série A depois do Ceará (segundo a ordem de chamada)”, acrescenta.

Ordem para os times da terceira fase 

  1. Times da Libertadores
  2. Campeão Copa do Nordeste 
  3. Campeão da Copa Verde
  4. Campeão da Série B
  5. Os melhores da Série A sem vaga na Libertadores

Observações

A cota de premiação da primeira e segunda fase será dividida entre os clubes na relação de 60% para o clube classificado e 40% para o eliminado. A CBF ainda não divulgou os valores totais e destrinchados que pagará aos times durante a Copa do Brasil – estes vêm numa crescente linear nos últimos anos. 

Continue lendo
1 comentário

1 comentário

  1. Almiro Cunha

    5 de janeiro de 2021 a 18:30

    Na terceira fase, caso sejam menos que nove participantes da libertadores, entra algum tome para completar os 32 dessa fase?

    Na verdade não teremos os 9 da liberadores, pois não existe vaga da sul-americana esse ano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending