conecte-se conosco

Lucas Liausu

Marinho, Rony e mais 15: veja lista de ex-nordestinos na final de Libertadores

Publicados

em

A final da Libertadores tem tudo para parar o Brasil no próximo dia 30 de janeiro, quando Palmeiras e Santos se enfrentam em jogo único no Maracanã. E alguns nordestinos terão uma atenção especial para o jogo, já que os dois times contam com jogadores que passaram por aqui. Uns com muito destaque, como o atacante Marinho especialmente no Vitória. A lista conta também com surpresas (pelo menos para mim), como uma passagem do goleiro Weverton, do Palmeiras e da seleção brasileira, pelo Nordeste em 2009.

+ BLOG DE CÁSSIO ZIRPOLI: Palmeiras x Santos, uma final paulista no Rio; vale o 20º título do Brasil na Libertadores

São 17 nomes espalhados por 12 times e ainda um bônus, que é o caso do atacante Kaio Jorge, do Santos. Ele nunca jogou profissionalmente no Nordeste, mas tem uma ligação forte com o Recife.

Confira:

Marinho (Vitória, Ceará e Náutico)

O atacante Marinho talvez seja o grande nome da final da Libertadores hoje. É o destaque do Santos, mas antes de marcar seus gols no Peixe, passou por três clubes nordestinos numa espécie de escadinha até de fato se tornar um jogador diferenciado. Foi contratado pelo Náutico em 2014 como um mero desconhecido e apesar de demonstrar talento, não conseguiu se firmar. As lesões atrapalharam muito sua passagem nos Aflitos. No Ceará, já parecia outro jogador. Importante para o time, alcançou um destaque maior, com nove gols em 28 jogos. Já era a sua temporada mais goleadora.

Depois de uma passagem frustrada pelo Cruzeiro, desembarcou em Salvador para defender o Vitória e mostrar um futebol bem acima da média. Foi o cara do time em 2016, com 21 gols marcados (um a menos que hoje pelo Santos) e passsou a figurar em listas de diversos times do futebol brasileiro.

Rony (Náutico)

O Palmeiras também tem um baixinho que pode desequilibrar. É o atacante paraense Rony, que defendeu o Náutico em 2016. Não sei se dá para dizer que deixou saudades nos Aflitos, mas é fato que Rony se destacou naquele time que quase subiu para a Série A do Campeonato Brasileiro. A velocidade era a mesma de hoje, mas o faro de gol estava longe de ser apurado. Foram 14 em 51 jogos no ano, mas a impressão é de que o número poderia ser bem maior não fossem as inúmeras oportunidades desperdiçadas.

Depois dos dois que considerei os destaques, segue o restante da lista:

Bruno Marques (Lagarto-SE)

O jovem Bruno Marques, que tem tido as primeiras oportunidades no Santos nesta temporada, é cria do Nordeste. Natural do Recife, tentou iniciar a carreira nos clubes da cidade, mas não teve sucesso. Foi parar no Lagarto, de Sergipe, onde se tornou profissional em 2018, atuando pelo Campeonato Sergipano. Bruno foi contratado pelo Santos no ano seguinte para os times Sub-20 e Sub-23. Na foto, ao lado de Diego Costa, um dos gestores do clube.

Felipe Jonatan (Ceará)

Felipe Jonatan é o primeiro cria da casa de fato da lista. Ele fez a base toda no Ceará, onde começou a se destacar como profissional em 2018. E logo chamou a atenção do Santos. Em 2019, o Peixe foi até Fortaleza buscar o lateral, que tem sido uma peça importante no time do técnico Cuca. Felipe Jonatan sempre faz questão de ressaltar sua relação com o Ceará, tendo deixado de comemorar um gol inclusive quando reencontrou o seu ex-clube em setembro de 2020.

Jailson (Campinense e Ceará)

O experiente goleiro Jailson também tem uma passagem pelo Ceará no currículo. Ele chegou em 2013 e depois de se destacar em 2014 foi contratado pelo Verdão. Além do Ceará, Jailson também defendeu o Campinense no início de sua carreira, em 2003.

Jean Mota (Fortaleza)

O nome de Jean Mota tem sido especulado com frequência no Fortaleza nas últimas janelas de transferências. Isso, por si só, já deixa claro que o jogador deixou saudades no Tricolor. Foram 30 jogos e seis gols marcados entre 2015 e 2016, na época em que o Fortaleza ainda disputava a Série C do Campeonato Brasileiro.

Jobson (Náutico)

A passagem de Jobson pelo Náutico é difícil de explicar. Eu era setorista do Timbu em 2018 e tanto fazia chegar para cobrir um treino e ver Jobson ser o destaque sem ter um segundo lugar, ou ver o volante simplesmente andar em campo e ter que ouvir muitos gritos dos treinadores (especialmente Roberto Fernandes). O volante, que é ex-Palmeiras, chegou em 2017 e não engrenou. Teve mais chances em 2018 e ficou marcado pelo gol do título do Campeonato Pernambucano conquistado pelo Náutico. Ainda assim, não deixou saudades.

Luan Peres (Santa Cruz)

Mais um que passou por Pernambuco e não deixou saudades. Titular do Santos hoje, o zagueiro Luan Peres teve uma rápida passagem pelo Santa Cruz em 2016 e pouco jogou. Foram 16 jogos já na reta final da Série A que terminou com um rebaixamento do Tricolor.

Lucas Lima (Sport)

Sinto que Lucas Lima é subvalorizado pela torcida do Sport. Na minha opinião, foi peça importante no acesso do time na Série B de 2013. Jogou ao lado de Neto Baiano e Marcos Aurélio, que naturalmente puxaram os holofotes pelos gols marcados, mas Lucas Lima fazia a dupla jogar. Tanto é que no fim da temporada foi comprado pelo Santos (junto ao Internacional) por R$ 5 milhões.

Madson (ABC e Bahia)

Revelado pelo Bahia, Madson parece ter se firmado pelo Santos. O lateral-direito começou a carreira em Salvador, onde jogou profissionalmente de 2011 a 2014, mas sem tanto destaque. Depois foi defender o ABC, onde foi bem e acabou comprado pelo Vasco. Antes do Santos, ainda rodou por Grêmio e Athletico.

Marcos Rocha (CRB)

Mais uma que me surpreendeu ao formar a lista. Nem puxando muito pela memória consegui lembrar de Marcos Rocha defendendo o CRB. Talvez porque o jogador era chamado de Marcus na equipe alagoana. Emprestado pelo Atlético-MG, o lateral foi rebaixado com o CRB para a Série C naquele ano, com o time alagoano como lanterna da Série B.

Raniel (Santa Cruz)

Cria da base do Santa Cruz, o hoje atacante Raniel não estará sequer no banco de reservas no Maracanã por estar se recuperando de uma lesão. No Santa o franzino Raniel surgiu como um meia habilidoso, que precisou driblar os problemas extracampo para dar certo. Depois de alguns altos e baixos, conseguiu uma boa sequência de jogos e foi comprado pelo Cruzeiro. Em Belo Horizonte, mudou o estilo de jogo e virou centroavante. Antes do Santos, ainda defendeu o São Paulo.

Vladimir (Fortaleza)

Cria da base do Santos, o goleiro Vladimir teve a sua primeira experiência fora de São Paulo em 2009, quando foi contratado pelo Fortaleza. Mas passou de passagem pela capital cearense e foi embora sem sequer entrar em campo. O titular era Douglas Dias e o clube ainda tinha Alexandre Fávaro como reserva.

Zé Rafael (Bahia)

Ao lado de Marinho, talvez seja o jogador dessa lista que mais conseguiu destaque no Nordete. Zé Rafael, hoje no Palmeiras, foi o grande nome do Bahia em 2017 e 2018. Um faz tudo no meio de campo, deixou Salvador com 128 jogos pelo Tricolor e 18 gols marcados. Esse, sem dúvidas, está na lista dos jogadores que deixam os torcedores morrendo de saudades.

Wesley (Vitória)

É o caso mais recente da lista. Wesley estava aqui no Nordeste ontem. Em 2019, fio emprestado pelo Palmeiras para o Vitória e foi um dos poucos nomes do Leão a se destacar na pífia campanha da Série B. Voltou para o Verdão em 2020, chegou a constar em uma possível lista de empréstimo, mas foi ficando e passou a ser utilizado por Luxemburgo. Uma lesão atrapalhou a sua sequência com Abel Ferreira até aqui.

Weverton (América-RN)

De todos os nomes, é sem dúvidas o que mais chegou longe na carreira. Depois de defender o América-RN em 2009, Weverton decolou na carreira. Defendeu o Botafogo-SP, a Portuguesa e o Athletico antes de chegar no Palmeiras e conquistar o Campeonato Brasileiro de 2018. E ele não parou por aí. Vem sendo constantemente convocado por Tite para a seleção brasileira e foi titular na medalha de ouro conquistada pelo Brasil nas Olimpíadas de 2016. No Mequinha, o goleiro jogou a Série B, mas não conseguiu uma boa sequência. Foram apenas 16 jogos entre a 15ª e a 28ª rodada.

+ Bônus – Kaio Jorge (futsal de Sport e Náutico)

Kaio Jorge nunca jogou profissionalmente em um clube do Nordeste (e nem na base), mas é sempre bom lembrar a história dessa joia do Santos. Pernambucano e filho do ex-atacante do Sport Jorge Ramos, Kaio era considerado um fenômeno quando jogava futsal por aqui. Defendeu Sport e Náutico e costumava empilhar gols. Os pais anotavam tudo. E depois de tanto destaque, se mandou aos 10 anos para fazer testes em clubes paulistas. Passou no do São Paulo e no do Santos e optou pelo Peixe.

  • Da lista (excluindo Kaio Jorge), Náutico e Ceará são os mais representados na final da Libertadores, com três ex-jogadores cada. Bahia, Fortaleza, Santa Cruz e Vitória aparecem com dois e o Sport se junta a ABC, América-RN, Campinense, CRB e Lagarto com apenas um representante.
  • Aqui vai uma opinião. Para mim, Marinho foi quem mais atingiu um nível alto enquanto estava no Nordeste, quando comandou o time do Vitória. Zé Rafael foi o mais regular, com duas temporadas espetaculares.
  • Dos 17, nove devem ser titulares no dia 30. Weverton, Marcos Rocha, Zé Rafael e Rony, pelo Palmeiras. E Luan Peres, Madson, Felipe Jonatan, Marinho e Kaio Jorge, pelo Santos.
  • Existem ex-jogadores entre eles também. Lucas Lima, hoje no Palmeiras, já defendeu o Santos. E Jobson, agora no Santos, foi revelado pelo Palmeiras, chegando a jogar uma partida como profissional antes de começar a ser emprestado.

Continue lendo
2 Comentários

2 Comments

  1. JORGE WILIAN DOS SANTOS SILVA

    14 de janeiro de 2021 a 11:12

    Matéria interessante, mostra o quanto o futebol Nordestino é importante.

  2. Pedro Freitos

    25 de janeiro de 2021 a 17:55

    Gostei muito da matéria, mas um detalhe me chamou atenção, o titulo – que em geral tem essa função – mas dando uma de chato vou chamar atenção para uma coisa. Alguns desses atletas embora não atuem mais por clubes nordestinos não deixam de ser nordestinos, portanto “ex-nordestinos” é meio estranho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending