conecte-se conosco

ALSérie BÚltimas

Técnico vê frustração em derrota do CRB: ‘Não tivemos maturidade’

Foto: Divulgação/CRB

Publicados

em

Não tinha como ser diferente. Depois de ficar à frente do placar por duas vezes – e ter tido chances reais de já liquidar a partida ainda no primeiro tempo -, o CRB sucumbiu às falhas defensivas e perdeu de virada para o Operário. Resultado que, na avaliação do técnico do Galo, Roberto Fernandes, foi motivo de frustração: ‘não tivemos maturidade para segurar o placar’. Com o revés, a equipe alagoana deu fim à chance de acesso à Série A.

“O sentimento, óbvio, de um pouco de frustração, apesar de a gente saber que a missão era muito árdua em termos de classificação. Não tivemos a maturidade para segurar o placar e sequer segurar o empate aqui. Se bem que o empate não seria satisfatório. A gente sempre buscou em todas as alterações manter a equipe no ataque”, desabafou.

Apesar de lamentar, Roberto frisou que o CRB ainda não está ‘matematicamente ‘ resolvido na Série B e, por isso, a equipe precisa se reestabelecer de imediato, já na partida contra o Figueirense – curiosamente, um dos rivais do Náutico, clube do coração de Fernandes, na luta contra o rebaixamento. O Galo enfrenta o time catarinense no Rei Pelé, às 19h15, na próxima terça-feira.

“Lamentamos por isso, mas vale lembrar que matematicamente ainda não estamos resolvidos no campeonato e precisamos nos restabelecer e voltar o foco total para o Figueirense. É focar em terminar a competição pelo menos entre os dez primeiros para deixar um calendário para as categorias de base na sequência da temporada”, acrescentou o treinador.

Trending