conecte-se conosco

BABahiaSérie AÚltimas

Aliviado, Dado avalia triunfo do Bahia: ‘Resultado era o mais importante’

Técnico falou também sobre não ter sofrido gol; veja principais trechos da entrevista coletiva

Foto: Divulgação/ EC Bahia

Publicados

em

Após o importante triunfo sobre o Athletico Paranaense, na noite desta quarta-feira, que quebrou um jejum de oito partidas, o técnico Dado Cavalcanti comemorou muito e mostrou-se aliviado com o resultado, mais importante do que a exibição em si, afirmou. Ao avaliar a atuação, porém, elogiou o aspecto defensivo, mas reconheceu que o time esteve abaixo no ataque. 

VEJA MAIS: Confira aqui outras notícias do Bahia
LEIA: Bahia quebra jejum, bate Athletico na Fonte Nova e deixa Z4 da Série A

Com os três pontos, aliás, o Esquadrão foi ao 15º lugar, com 32 pontos, deixando a zona de rebaixamento pelo critério de desempate (possui mais vitórias que Fortaleza e Vasco). Agora, o Tricolor se prepara para enfrentar o Sport, neste domingo, às 18h15, na Ilha do Retiro. Confira abaixo os principais trechos da entrevista coletiva do comandante. 

VÍDEO: assista ao gol do fundamental triunfo do Bahia contra o Athletico

Importância do triunfo

“Em se tratando de resultado, sempre bem-vindo. O nosso desempenho ofensivo talvez não foi tão elogiável assim pela estratégia adotada em relação ao nosso adversário, que na minha ótica é um dos mais equilibrados do Campeonato Brasileiro. Hoje foi uma condição de fazer uma marcação mais baixa, o adversário teve mais posse, entrou no nosso campo, mas não nos ofendeu. Douglas não fez grandes defesas. E esse equilíbrio defensivo nos trouxe possibilidades de arriscar menos e sermos mais efetivos numa condição de contra-ataque. Então o resultado hoje foi o mais importante. Era o que todo mundo esperava já há bastante tempo, acho que demorou um pouquinho, acho que deveríamos ter vencido há um tempo atrás”.

Postura do time

“Descemos um pouco mais as nossas linhas, compactamos mais o meio e acho que poderíamos ser mais agressivos defensivamente. Talvez o detalhe, se o Bahia deixou a desejar em algum momento hoje, foi na condição de ser agressivo ofensivamente, nos ataques da segunda linha. Faltou um detalhe, um pouco mais de tranquilidade para achar o deslocamento correto”.

Atuação da defesa, que é a mais vazada da Série A e não tomou gol

“No meu entendimento o Bahia toma muitos gols, porém, nunca caracterizei essa forma de julgamento, por setor (só a defesa). Hoje eu não precisei contar com Douglas porque toda a equipe teve um comprometimento maior defensivamente. Hoje o Bahia não tomou gol. Foi um feito não só dos defensores, acredito que o tripé no meio contribuiu demais porque o Athletico, que é tão bom por dentro, não conseguiu fazê-lo. O encaixe de área também foi bom, principalmente o lateral oposto, já que o Athletico faz muitos gols de cruzamento. Nino esteve muito bem no jogo hoje, absoluto na marcação, encaixe de área, entrada por trás. E isso sobrou pouquíssimo espaço para o nosso adversário fazer o gol. Assim como caracterizei que não era a defesa do Bahia tomando gols, mas a equipe, hoje enalteço que a equipe de forma coletiva também teve mérito demais para vencer sem tomar gols hoje”.

O que representa o triunfo para o técnico

“Inegável que representa um alívio. Não só para mim, mas para todo mundo. Não estou numa condição diferente de nenhum torcedor ou membro da comissão técnica ou atleta, estamos todos comprometidos em tirar o Bahia dessa situação e esse triunfo nos traz um alívio. A jogada do gol foi algo que trabalhamos de atacar a última linha, o detalhe da jogada ocorreu no timing correto de Rossi com Gregore. Esse gol é simbólico”.

Trending