conecte-se conosco

BASérie BÚltimasVitória

Vitória encerra jejum, vence o Guarani e deixa o Z4 da Série B

Com dois gols, Léo Ceará foi o destaque do Vitória no jogo contra o Guarani. (Foto: Letícia Martins/ECV)

Publicados

em

Um dos triunfos mais importantes do ano para o Vitória. O Leão encerrou um jejum de seis jogos, que durava mais de um mês, e bateu o Guarani por 2 x 1 no Brinco de ouro, em Campinas, com dois gols do artilheiro Léo Ceará. Três pontos que além de tirar o Leão da zona de rebaixamento da Série B, faz o time rubro-negro abrir distância para o Figueirense, que agora é o primeiro time no Z4. Cenário que deixa uma condição favorável de garantir a permanência da Segunda Divisão já na próxima rodada, até com empate com o Botafogo-SP, desde que os rivais catarinenses sejam derrotados novamente.

VÍDEO: assista aos gols do importante triunfo do Vitória sobre o Guarani

Primeiro tempo equilibrado

A primeira etapa do jogo foi equilibrada, com as equipes criando pouco, mas com um bom nível de aproveitamento sobre os erros de marcação das defesas na bola aérea. Assim como no primeiro encontro, no Barradão, o Vitória abriu o placar já aos 5 minutos, com o artilheiro da equipe na Série B, Léo Ceará. Frizzo cruzou na segunda trave, Matheusinho escorou voltando para o meio da área e Léo Ceará mergulhou de cabeça.

E a reação não demorou, o Guarani passou a cercar a baiana, tentando aproximação pelo meio, mas sem muita liberdade. Eliel e Bruno Sávio tiveram chances, mas sem assustar a meta de César. Mas aos 17′, não teve como evitar o empate. Num escanteio mirando a segunda trave, Marcelo saiu livre num clarão da defesa e pegou de primeira para empatar. Murilo Rangel ainda teve a chance da virada, também na jogada aérea, mas mandou para fora aos 40′.

Expulsão decisiva

Necessitando do resultado positivo, o Vitória voltou melhor no segundo tempo e tomando as atitudes com mais facilidade para entrar na área do Guarani. Fernando Neto, aos 6′, e Léo Ceará, aos 10′, pararam nas boas defesas do goleiro Gabriel Mesquita. Porém, um minuto depois, Léo Ceará foi derrubado por Lucas Crispim dentro da área e o pênalti foi marcado, junto com o segundo amarelo para o defensor do Guarani. Léo Ceará converteu a cobrança aos 12′ e deixou o Leão novamente na frente do placar.

A partir disso, seguiu-se uma batalha de mudanças dos dois treinadores. Buscando o seu primeiro triunfo desde que foi efetivado no lugar de Mazola Júnior, Rodrigo Chagas foi fortalecendo a defesa a cada sinalização de Felipe Conceição. O Guarani aumentou a posse de bola e explorou a jogada aérea, mas sem sucesso. Léo Ceará ainda perdeu uma chance clara de fazer o terceiro gol aos 50′, mas já havia feito o suficiente. Três pontos salvadores para os rubro-negros.

Estatísticas

Posse de bola: Guarani 53% x 47% Vitória
Finalizações: Guarani 10 x 11 Vitória
Finalizações no gol: Guarani 2 x 5 Vitória
Passes certos: Guarani 367 (83%) x 325 (83%) Vitória
Faltas: Guarani 24 x 15 Vitória
Desarmes: Guarani 15 x 11 Vitória
Defesas do goleiro: Guarani 3 x 1 Vitória

Fonte: Sofascore

Léo Ceará encosta na artilharia

Os dois gols de Léo Ceará levaram o atacante a alcançar 16 no geral da Série B, um a menos que Caio Dantas, que lidera o quadro com 17. No entanto, o centroavante rubro-negro terá oportunidade de igualar e ultrapassar o adversário nas duas próximas rodadas, uma vez que Caio já não joga mais pelo Sampaio Corrêa, negociado.

Trending