conecte-se conosco

BASérie BÚltimasVitória

Chagas admite chateação quando foi substituído por Mazola no Vitória

Treinador, que livrou o Leão da queda, tem reunião marcada com o presidente Paulo Carneiro

Divulgação: EC Vitória
Avatar

Publicados

em

Com o rebaixamento evitado faltando uma rodada para o fim da Série B, o Vitória já inicia o planejamento para a próxima temporada. E a principal expectativa no momento é em relação ao comando técnico, mais especificamente sobre a permanência de Rodrigo Chagas, efetivado na reta final da competição.

Sobre o tema, o treinador revelou que ainda não conversou com o presidente Paulo Carneiro, com quem tem reunião marcada. Mas Rodrigo Chagas adotou um tom otimista em entrevista ao ge.

“Ainda não sentei com o presidente para conversar, iria acontecer hoje mas houve um imprevisto, ficamos impossibilitados. Mas a gente vai mais do que nunca aproveitar nosso momento para que a gente possa fazer com que o Vitória, principalmente se der tudo certo na conversa, acerte as coisas e monte uma equipe competitiva para conquistar o acesso na primeira divisão ao fim do ano”, disse o técnico.

O Vitória começou a Segundona sob o comando de Bruno Pivetti, demitido após maus resultados. Em seguida, veio Eduardo Barroca, que deixou o clube ao aceitar proposta do Botafogo. Foi a partir daí, interinamente, que o treinador assumiu, ficando por quatro partidas (teve duas vitórias, um empate e uma derrota), até o Leão contratar Mazola Júnior. Algo que Rodrigo Chagas admitiu chateação.

“Eu não vou dizer que a gente se sente injustiçado, mas a gente ficou chateado, é óbvio. Respeitamos até porque somos funcionários do clube. Foi uma decisão tomada naquele momento e tivemos que acatar. E, de novo, fomos procurados para estar à frente, não mais como interino, mas efetivo, e tivemos que refazer todo o trabalho de antes e conseguimos fazer com que os atletas entendessem mais uma vez tudo aquilo proposto para sairmos da situação”, afirmou o comandante. 

No total, pelo Leão, Rodrigo Chagas fez dez partidas, com quatro vitórias, quatro empates e duas derrotas. Livre da degola, o Vitória entra em campo nesta sexta diante do Brasil de Pelotas para cumprir tabela. A tendência é de muitos atletas da base time baiano em campo.

Trending