conecte-se conosco

BASérie BÚltimasVitória

Na despedida da Série B, Vitória bate o Brasil-RS fora de casa

Leão foi melhor no segundo tempo para sair vencedor no estádio Bento de Freitas

Divulgação/ Brasil de Pelotas
Avatar

Publicados

em

Despedindo-se da Série B de 2020, o Vitória – cheio de garotos – jogou bem e venceu o Brasil de Pelotas por 1 a 0, na noite desta sexta-feira, no estádio Bento de Freitas. O gol do triunfo do Leão foi marcado por Samuel, aos 25 minutos do segundo tempo. Com o resultado, o Rubro-negro, que já havia se livrado da queda na rodada passada, terminou a competição em 14º lugar, com 48 pontos.

Primeiro tempo leve e equilibrado

Com os dois times sem pretensões na competição, a partida foi aberta, movimentada. Nas ações ofensivas, o Vitória procurou administrar a posse de bola, com aproximação e passes no meio de campo, paciente. Assim, conseguiu ter mais a bola e rondar a área adversária, ainda que não tenha infiltrado, arriscando finalizações de fora. A melhor chegada do Leão foi um cruzamento de Leandro Silva que Viçosa deu voleio, mas parou em Matheus Nogueira.

Em contrapartida, ao tentar atacar, o Vitória deu espaços. E assim sofreu mais, com contra-ataques, passando perto de levar gols duas vezes. Na primeira, o atacante do Brasil de Pelotas chutou cruzado e errou o alvo. Na segunda, Yuri Sena fez grande defesa, crescendo em jogada cara-a-cara. Foi uma etapa inicial equilibrada.

Segundo tempo superior

Para a etapa complementar, o Leão voltou com o mesmo ímpeto, mas sem ceder os contra-ataques. E levou perigo principalmente em chutes de fora da área. Aos seis minutos, Pedrinho bateu arriscou de fora para grande defesa do goleiro Xavante. No rebote, Gerson Magrão foi parado novamente por Matheus Nogueira.

Melhor, o Vitória seguiu em cima, buscando o gol. Aos 24 minutos, voltou a tentar de novo de fora da área, mas a bola passou raspando. O gol parecia maduro. E estava. Mas a partir de um erro do Brasil. Na saída de bola, o time gaúcho vacilou e Samuel aproveitou para abrir o placar, fazendo justiça ao que vinha sendo o jogo. Em vantagem, o Rubro-negro seguiu tentando ter a bola, mas com menos ímpeto. O que foi suficiente para saiu com o 1 a 0.

Trending