conecte-se conosco

CESérie DÚltimas

Floresta perde para o Mirassol fora de casa e fica com o vice da Série D

Verdão não fez bom jogo e contou com grande atuação do goleiro Douglas Dias

Foto: Ronaldo Oliveira/ Floresta

Publicados

em

Não deu para o Nordeste na decisão da Série D. Precisando reverter a derrota por 1 a 0 na ida, no Castelão, o Floresta foi dominado e sofreu um novo revés para o Mirassol-SP na finalíssima da competição, na tarde deste sábado, por 1 a 0, no estádio municipal da cidade paulista. O solitário gol do confronto foi marcado por João Carlos, aos 17 do primeiro tempo. Assim, o clube cearense fica com o vice-campeonato.

O Verdão da Vila Manoel Sátiro, aliás, já havia conquistado o acesso à Série C desde as quartas de finais. O que estava em jogo neste sábado era “apenas” o troféu.

Era chance de título para o Ceará

O triunfo do Floresta valia também a possibilidade do quarto título nacional para o Ceará – o que, sabe-se, não ocorreu. Campeões brasileiros do estado, portanto, seguem sendo o Fortaleza (Série B de 2018), Ferroviário (Série D de 2018) e Guarany de Sobral (Série D de 2010).

O jogo

Durante o primeiro tempo, sobretudo no começo, o Floresta sofreu forte imposição do Mirassol. Com dez minutos, os paulistas assustaram duas vezes, com cortes do Verdão em cima da hora. Na terceira terceira investida, porém, o time cearense sucumbiu.

Aos 17 minutos, a defesa do Floresta foi envolvida e Luiz Henrique chutou forte, cruzado, para boa defesa de Douglas Dias. No rebote, João Carlos, livre e com a barra aberta, estufou as redes para abrir o placar.

Gol não acorda o Floresta

A desvantagem no placar não acordou o Floresta, que teve dificuldades de reter a bola mesmo com a diminuição do forte ímpeto inicial do Mirassol. Assim, seguiu sofrendo, acuado no campo de defesa.

Situação fica mais difícil

Na reta final da primeira etapa, mais adversidade para o Verdão. Isso porque, aos 41 minutos, o zagueiro Eduardo levou o segundo cartão amarelo e foi expulso, deixando o time cearense com um a menos.

Segundo tempo com o mesmo panorama

Em inferioridade numérica, o Floresta seguiu dominado em campo, sem conseguir reagir e sofrendo com o Mirassol, precisando contar com uma grande exibição de Douglas Dias, que cresceu e salvou o Verdão em ao menos duas boas finalizações, uma delas em que ficou de frente para João Carlos, mas foi cirúrgico na tomada de decisão para não ser driblado.

No ataque, o time comandado por Leston Júnior, apesar das mudanças, não teve forças para assustar. A principal tentativa de escape foi com Renê, mas, apesar da vontade, teve pouco êxito.

Derrota justa e que poderia ter sido maior se não fosse grande atuação do goleiro cearense, mas o vice não apaga o grande trabalho de Leston Júnior após o rebaixamento do Verdão no Estadual.

Ficha

Douglas Dias; Alisson, William Goiano, Eduardo, Fábio Alves; Jô (Ítalo), Ronaldo (Luís Soares), Marconi, Deysinho (Núbio Flávio); Flávio Torres (Lula) e Thalison (Renê). Técnico: Leston Júnior

Cartões amarelos:
Cartão vermelho: Eduardo
Gols:

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending