conecte-se conosco

Copa do NordesteEstaduaisPBÚltimas

Marcelinho reitera DNA ofensivo e diz que Treze precisa vencer amistosos

Treinador destacou a importância dos jogos preparatórios; Galo mira o CSA, dia 27

Foto: Divulgação/ Treze
Avatar

Publicados

em

Na reta final da pré-temporada, o técnico Marcelinho Paraíba avaliou o período de preparação do Treze. E aprovou os quase 30 dias de treinamentos do clube. Em entrevista coletiva, o treinador reiterou também o desejo pela busca de um time ofensivo com a bola e agressivo sem a posse, que tenta pressionar os rivais em campo.

VEJA MAIS: Confira aqui outras notícias do futebol paraibano

“Jogar para cima, tentando pressionar o adversário para jogar no campo deles. Estamos com uma identidade, a equipe sabe o que quer e temos treinado justamente para isso, principalmente jogando em casa, a gente pressiona bastante o adversário no campo deles”, afirmou o comandante. 

No último sábado, o Galo da Borborema foi derrotado por 2 a 1 para o Globo, no primeiro amistoso. Agora, nesta quarta, o Treze enfrenta o América-RN, em novo duelo preparatório de olho na estreia da Copa do Nordeste, no fim do mês, contra o CSA – o time paraibana ainda tenta um terceiro jogo-treino.

“Vamos pegar um adversário com mais qualidade agora, jogadores mais cascudos, experientes, mas é jogo-treino, preparação para o que realmente vale para nós no dia 27 contra o CSA. Vamos encarar esse amistoso como uma decisão até porque precisamos voltar a vencer. Os amistosos foram para isso, para os jogadores irem se entrosando e conhecendo”, finalizou. 

O Treze é o primeiro trabalho de Marcelinho Paraíba como treinador principal, já que no ano passado ele havia feito parte da comissão técnica do time paraibano. Nesta temporada, terá calendário cheio, já que o clube tem o Estadual, Regional, Copa do Brasil e Série D para disputar. 

Trending