conecte-se conosco

PIPiauienseÚltimas

Pênaltis, virada, invasão e até ataque de abelhas. River vence Parnahyba no melhor jogo do PI

Foto: Fábio Lima

Publicados

em

Pênaltis perdidos e convertidos, viradas, polêmicas com a arbitragem, invasão de campo, expulsões e até um ataque de abelhas no primeiro tempo. Teve de tudo, no jogo entre River e Parnahyba na tarde desta quarta-feira, no estádio Albertão. O melhor até agora do Campeonato Piauiense, que terminou com vitória do Galo por 3 a 2.

Com o resultado, o Tricolor, que estreou o técnico Paulinho Kobayashi, assumiu a vice liderança do Campeonato Piauiense, com 10 pontos. Um a menos do que o próprio Parnahyba, que apesar do revés (o primeiro na competição) segue na primeira posição.

Confira a classificação geral do Campeonato Piauiense.

O jogo

A partida já começou bem disputada, com os dois times criando e desperdiçando boas oportunidades desde os minutos iniciais. Apesar de movimentado, o jogo precisou ser interrompido aos 35 minutos por um motivo inusitado, com os jogadores dos dois times e o trio de arbitragem se atirando no chão após um ataque de abelhas no gramado.

Passado o susto, coube ao Parnahyba abrir o placar. E com um golaço do lateral direito Daniel, em cobrança de falta aos 39 minutos. O River, no entanto, não se intimidou e dois minutos depois teve a primeira grande chance de empatar, quando Sorín foi derrubado dentro da área. 

Na cobrança do pênalti, no entanto, Zé Antônio desperdiçou, com o goleiro Yan fazendo uma grande defesa. Porém, antes de descer para o vestiário, o Galo teria outro pênalti a seu favor, dessa vez cometido sobre Felipe, aos 44 minutos.

Na cobrança, Allan Patrick chutou para nova defesa de Yan. Mas no rebote, dessa vez, o próprio Allan Patrick não bobeou e mandou para as redes. 

Jogão, que ficou ainda melhor na etapa final. Aos 24 minutos, o River conseguiu a virada, com Wilson Potiguar encobrindo Yan. Mais um golaço na partida. Após o gol, os jogadores do Parnahyba e o técnico Dejair Ferreira, que invadiu o campo, reclamaram de um suposto pênalti não marcado no lance seguinte e cercaram o árbitro. A Polícia Militar precisou ser acionada. 

Na confusão, o técnico Dejair Ferreira e o zagueiro Everton, que estava no banco de reservas, foram expulsos.

Após sete minutos de paralisação, a bola voltou a rolar e o River, aproveitando descontrole emocional do Parnahyba, fez mais um, aos 33 minutos, com Jader, em cobrança de falta.

O líder do campeonato, porém, não se deu por vencido e três minutos depois diminui com o volante Caio Matias, colocando fogo nos minutos finais. Porém, o River, que teve Allan Patrick expulso já nos descontos, conseguiu segurar o resultado.

Outro resultado

No outro jogo da tarde, o Fluminense venceu o Picos por 3 a 2 e assumiu a quarta colocação, com sete pontos. O Picos, atual vice campeão, segue na lanterna, sendo o único time ainda sem vitórias no campeonato, com dois pontos.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending