conecte-se conosco

Copa do NordesteMAPESampaio CorrêaÚltimas

Sampaio vence Salgueiro e dorme no G4 da Copa do Nordeste

Avatar

Publicados

em

Em franca evolução, o Sampaio Corrêa venceu o Salgueiro por 3×2, na noite desta segunda-feira (29), no Castelão, e vai dormir no G4 do Grupo A da Copa do Nordeste. O Tubarão voltou a fazer uma boa partida, mas teve do outro lado um organizado time do Carcará que vendeu caro a derrota e, por isso, um jogo com tantos gols e com emoção até o final.

O Sampaio Corrêa, pelo menos de forma momentânea, está na vice-liderança do Grupo A com nove pontos e, na próxima rodada, enfrentará o ABC, sábado (3), às 18h15, no Frasqueirão. Já o Salgueiro está no 5º lugar com sete pontos no Grupo B e receberá o CRB, domingo (4), às 16h, no Cornélio de Barros.

Na pressão até o gol

Como de costume, o Sampaio Corrêa começou a partida com intensidade e logo em busca do gol. Com mais criatividade, não demorou a abrir o placar. Aos 12 minutos, Sávio mandou para a área e a bola sobrou para Jefinho, livre, apenas empurrar para o fundo das redes.

Atrás do placar, o Salgueiro precisou sair para o ataque. E, apesar de ter cedido espaço na defesa, ficou mais próximo do empate do que de tomar o segundo. O Carcará até chegou a balançar as redes aos 36 minutos. Héricles recebeu na área e marcou, mas o bandeirinha, que chegou atrasado no lance, assinalou impedimento. O jogador do time pernambucano estava em posição legal.  

Etapa alucinante

A volta do intervalo foi em ritmo alucinante. O Salgueiro voltou com três mudanças no setor ofensivo que surtiram efeito imediato. Aos três minutos, Ciel recebeu um bonito lançamento, driblou Mota e empatou o jogo.

O placar, no entanto, foi alterado na sequência. Aos seis minutos, Jefinho soltou uma bomba, a bola bateu na trave e Ranieri, ao tentar tirar, marcou contra. O terceiro gol saiu dos pés de Guilherme Teixeira. O meia, que havia acabado de entrar, tirou da marcação e mandou no canto do goleiro.

O Carcará tentou reagir novamente e diminuiu o marcador. Ciel, mais uma vez, recebeu um passe na pequena área, chutou cruzado e a bola passou embaixo das pernas de Mota. Com o 3×2, o jogo ficou franco e com chances para as duas equipes. Porém, o ritmo caiu na reta final e o Tubarão conseguiu garantir a vitória.

Ficha do jogo

Sampaio Corrêa 3
Mota; Sávio, Joécio, Paulo Sérgio (Lucão) e Marlon; André Luiz, Ferreira e Eloir (Guilherme Teixeira); Dudu (Dione), Pimentinha (Matheus Cassini) e Jefinho (Weslley). Técnico: Rafael Guanaes.

Salgueiro 2
Lucas; Dadinha, Ranieri, Leozão (Richard) e Alan; Bruno Sena, Moreilândia (Raimundinho) e Felipe Baiano; Passira (Aruá), Héricles (Ciel) e Alison (Tarcísio). Técnico: Daniel Neri.

Local: Estádio Castelão, em São Luís. Gols: Jefinho (Sampaio Corrêa), aos 12 do 1ºT; Ciel (Salgueiro), aos 3 e aos 27 do 2ºT; Ranieri (Salgueiro – contra), aos 6 do 2ºT; Guilherme Teixeira (Sampaio Corrêa), aos 25 do 2ºT. Cartões amarelos: Matheus Cassini e Mota (Sampaio Corrêa); Bruno Sena e Ranieri (Salgueiro).

Foto: Ronald Felipe / Sampaio Corrêa

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending