conecte-se conosco

Copa do NordestePESanta CruzSportÚltimas

Santa e Sport registram as piores campanhas na história no Nordestão

Times já haviam caído na primeira fase do Regional, mas não com desempenhos tão ruins; veja detalhes

Foto: Rafael Melo/ Santa Cruz FC
Avatar

Publicados

em

Eliminados da Copa do Nordeste com uma rodada de antecedência, é evidente que Santa Cruz e Sport fizeram uma campanha pífia na competição nesta temporada. Porém, o cenário fica ainda mais vexatório quando analisado o retrospecto histórico geral das equipes pernambucanas: finalizada neste sábado para os dois, a edição de 2021 foi o pior desempenho da dupla em todos os tempos do Regional, lanternas em cada grupo.

Nesta matéria, o NE45 traz todas as vezes em que as equipes caíram precocemente na competição e os respectivos contextos, com a atual edição sendo a mais negativa. Confira, cada um, abaixo.

Santa Cruz

O Tricolor disputou a Copa do Nordeste 15 vezes e caiu na primeira fase em quatro oportunidades. Além deste ano, foi assim também em 2010, 2001 e 2000. Em 2021, entretanto, registrou o aproveitamento mais baixo entre eles: 12.5%, com três pontos conquistados em 24 disputados.

Em 2010, o Santa Cruz teve rendimento de 42%, onde obteve 18 pontos de 42 possíveis – na ocasião, o formato de disputa classificava quatro equipes de 15 e o Tricolor acabou em oitavo.

Já em 2001, o clube conseguiu aproveitamento de 51%, conquistando 23 pontos de 45 em disputa – a competição tinha modelo semelhante ao de 2010, com quatro times de 16 avançando, onde o Santa Cruz terminou em quinto.

Por fim, em 2000, o Tricolor teve desempenho de 38%, obtendo sete pontos de 18 possíveis – o Regional tinha formato diferente e passava dois times de quatro (por grupo), em que o Santa Cruz foi terceiro.

Eliminações na primeira fase

2021: uma vitória e sete derrotas – 12.5% de aproveitamento
2010: seis vitórias, dois empates e sete derrotas – 42% de aproveitamento
2001: sete vitórias, dois empates e seis derrotas – 51% de aproveitamento
2000: duas vitórias, um empate e três derrotas – 38% de aproveitamento

Sport

O Rubro-negro disputou a Copa do Nordeste 14 vezes e caiu na primeira fase em três oportunidades. Além deste ano, foi assim também em 2002 e 1998. Em 2021, contudo, registrou o aproveitamento mais baixo entre eles: 25%, com seis pontos conquistados em 24 disputados.

Em 2002, o Sport teve rendimento de 44%, onde conquistou 20 pontos de 45 em disputa – naquele ano, o formato de disputa classificava quatro equipes de 16 e o Leão acabou em décimo.

Já em 1998, o Rubro-negro conseguiu rendimento de 55%, obtendo dez pontos de 18 possíveis – a competição tinha modelo diferente e avançava dois times de quatro (por grupo), onde o Sport foi terceiro.

Eliminações na primeira fase

2021: uma vitória, três empates e quatro derrotas – 25% de aproveitamento
2002: seis vitórias, dois empates e sete derrotas – 44% de aproveitamento
1998: três vitórias, um empate e duas derrotas – 55% de aproveitamento

Trending