conecte-se conosco

MAMaranhenseSampaio CorrêaÚltimas

De virada, Moto Club vence o Sampaio Corrêa em clássico pelo Maranhense

Com o resultado, Papão passou a Bolívia e subiu para a liderança do Estadual

Foto: Reprodução/ TV FMF

Publicados

em

Clássico com virada. Depois de sair o perdendo, o Moto Club reagiu e venceu o Sampaio Corrêa por 2 a 1, na noite desta quarta-feira, no estádio Castelão, em jogo atrasado da quinta rodada do Campeonato Maranhense. Os gols foram marcados por Jajá e por Cleitinho, no primeiro tempo, e por Negueba, na etapa complementar.

E agora?

Com o resultado, ambos seguem no topo, mas com ultrapassagem: o Moto virou líder com 15 pontos, enquanto o Sampaio caiu para segundo, permanecendo com 13 – esta, inclusive, foi a primeira derrota da equipe no Estadual. Na sequência da competição, o Papão visita o Pinheiros, enquanto a Bolívia recebe o Iape.

O jogo

O primeiro tempo teve o Sampaio Corrêa superior, tanto na organização ofensiva, para chegar ao ataque, como defensiva, para impedir o ímpeto do Moto Club, além de mais posse de bola para a Bolívia. Já o Papão foi um time frágil, lento e pragmático com a bola, além de vulnerável defensivamente.

Neste cenário, os 45 minutos iniciais foram de domínio do Sampaio, que desperdiçou boas investidas com Jajá, Jefinho e, principalmente Joanderson. De tanto martelar, porém, a Bolívia chegou ao gol: Guilherme Teixeira puxa bom ataque e serve Jajá, que acerta belo chute de fora da área para abrir o placar, aos 29 minutos.

A vantagem, porém, não durou muito. Isso porque, aos 41 minutos, em uma das poucas investidas do Papão, Cleitinho recebeu por trás da defesa e só deslocou para superar Mota – a defesa do Sampaio reclamou bastante de impedimento.

Segundo tempo

Na etapa complementar, a partida apresentou-se mais equilibrada, ainda que a Bolívia seguisse mais com mais posse de bola, entretanto, sem conseguir construir como foi no primeiro tempo. Já o Moto seguiu posicionado atrás, mas melhor postado.

O tempo foi passando e as chances não apareciam. O clássico indicava caminhar para um empate. Só indicava. Isso porque em contra-ataque puxado por Vinícius Paiva e Cleitinho pela esquerda, Negueba recebeu e só empurrou para virar o jogo.

Na reta final, o Sampaio tentou pressionar, mas o Papão se segurou bem para sair vencedor e com a liderança.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending