conecte-se conosco

NáuticoPESportÚltimas

Ao NE45, goleiro Anderson fala sobre disputa do Sport e do Náutico por sua contratação

Foto: Athletico/Divulgação

Publicados

em

Mesmo sem ainda ter entrado em campo na temporada 2021, o goleiro Anderson, de 23 anos, se vê alvo de uma disputa entre dois rivais pernambucanos. Uma vez que tanto o Náutico, pelo qual o jogador disputou 16 partidas na Série B do ano passado tendo papel importantíssimo na permanência, quanto o Sport, já demonstraram o interesse de contar com o arqueiro, que tem seus direitos econômicos presos ao Athletico Paranaense.

Após a confirmação do interesse do Leão, e das tratativas iniciadas com a direção do Furacão por um empréstimo, a diretoria do Náutico se mexeu para tentar travar o negócio. O Timbu ainda espera poder contar com o goleiro em 2021, nem que seja apenas para a Série B do Campeonato Brasileiro.

Por telefone, o NE45 entrou em contato com o próprio Anderson para saber como o jogador enxerga o cenário. E à reportagem, o goleiro disse não ter sido procurado oficialmente para tratar do interesse do Sport, sabendo do assunto apenas pela imprensa. Perguntado sobre se haveria interesse de defender o rubro-negro pernambucano, o arqueiro, que também tem passagem em Recife pelo Santa Cruz, afirmou que precisaria entender o projeto do clube.

“Não chegou nada, estou sabendo apenas pela imprensa. O Athletico também não me passou nada”, iniciou Anderson. “Da vez que eu saí do Santa (em 2019) eu comentei que houve um interesse do Sport e que, naquele momento, eu não iria pela identificação. Eu tinha acabado de sair do Santa e ir direto para o Sport eu não teria coragem de fazer. Mas depois a gente poderia conversar. Tanto que depois eu fui para o Náutico”, recordou

“Hoje teria que ver a situação com todos os lados (sobre uma nova proposta do Sport). Eu teria que conversar bastante com várias pessoas e não poderia dar essa resposta agora. Teria que ver qual o planejamento do clube para mim, o que eles iriam acertar comigo”, destacou.

Questionado pela reportagem se ele teria uma preferência entre atuar pelo Sport ou pelo Náutico, Anderson optou por não responder. Mas ao contrário de um possível interesse rubro-negro, onde a proposta teria que ser estudada, o jogador se mostrou mais à vontade com relação a um possível retorno ao Timbu.

“Se eu falar que prefiro um ou outro vai parecer que eu descartei um dos clubes, e eu nunca quero fazer isso. Fico feliz pelos dois clubes estarem lembrando de mim, É sempre bom ser lembrado, mesmo que não esteja jogando no momento. Quando mesmo assim os clubes lembram de você é a prova que o trabalho que fiz foi bem feito. A prova que fui bem”.

“Com o Náutico não teria problema (em voltar). Acabei de sair daí e tenho bom relacionamento com todo mundo. Com o Diógenes (vice-presidente), com o restante da diretoria, com os jogadores. Não teria problema”, encerrou.

Anderson atualmente está integrando o elenco principal que irá disputar a Copa Sul-Americana. A estreia do Furacão na competição internacional será na próxima terça-feira, fora de casa, contra o Aucas, do Equador.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending