conecte-se conosco

EstaduaisPEPernambucanoSanta CruzÚltimas

De Jesus exalta entrega do Santa e diz: ‘Nunca passou pela nossa cabeça disputar o quadrangular’

Avatar

Publicados

em

Foi um jogo movimentado, muitas vezes lá e cá, mas o Santa Cruz conseguiu uma importante vitória na noite desta quarta-feira, ao derrotar o Retrô por 3 a 2, na Arena de Pernambuco, cujo resultado garantiu a classificação antecipada para as quartas de final do Campeonato Pernambucano.

Vindo de uma sequência de cinco jogos sem vitória, sendo os últimos três pelo Estadual, o auxiliar técnico Roberto de Jesus exaltou a entrega tática e física dos jogadores no triunfo e aproveitou para dizer que ‘nunca passou pela cabeça do grupo disputar o quadrangular do rebaixamento’.

Com o resultado, o Santa Cruz passa a ocupar a terceira colocação na tabela do Pernambucano, com 10 pontos somados, e vai encerrar a primeira fase diante do Afogados da Ingazeira, no Vianão, neste domingo.

Veja a coletiva, na íntegra

Tamanho do resultado para o clima do elenco

“Isso vem apenas para confirmar e comprovar que nós temos um elenco capacitado para disputar o título do Campeonato Pernambucano. A história do Santa Cruz ela fala por si só. Nunca na nossa cabeça passou de disputarmos um quadrangular da permanência, nosso time, ele pode ser que tenha vindo de resultados adversos, de atuações que deixaram uma dúvida na cabeça do torcedor, mas esse é o verdadeiro Santa Cruz, que desempenhou um grande trabalho hoje.

Mudança de comportamento

“Com certeza, a mudança de comportamento do time foi psicológica. Eu acho que esse lado é uma virtude, eu conheço o Santa Cruz e eu sei que é na dificuldade. Eu joguei no Santa Cruz e o torcedor dizer, poxa, eu deixo de comprar as coisas para ver meu santinha jogar, aquilo ali me dava uma representatividade muito grande, eu dava a minha vida para jogar. E hoje eu dei um pouquinho dessa rapaziada o quanto o Santa Cruz tem essa representatividade e o mérito é todo deles”.

Avaliação do jogo

“Sem dúvida, acho que nós não podemos esconder que essa foi a melhor atuação do Santa Cruz desde o início da temporada, os atletas se doaram taticamente, eles obedeceram tudo que foi prometido no jogo, eu tinha pedido algumas situações sem a posse de bola e tudo foi executado à risca. Eu falei a eles o seguinte: um jogador só ele não vai executar tudo, mas um conjunto é capaz de fazer muita coisa.

Preparo físico

“Nós nunca duvidamos do Jaílton, do Cláudio Romão, do Joelson, possa ser que alguma partida atípica os atletas não tenham executado taticamente, mas a pare física, a doação, a entrega, eles procuraram executar da melhor forma possível. Mérito dessa vitória é muito grande do Jaílton, é um grande profissional, tem 11 anos de clube. Tem o Cláudio, o Joelson, que trabalha incessantemente para que o Santa Cruz entre em campo com um condição física suficiente e necessária para que nós possamos obter as vitórias”.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending