conecte-se conosco

CECearenseEstaduaisFortalezaÚltimas

Pacajus e Fortaleza empatam no João Ronaldo pelo Cearense

Wellington Paulista desperdiçou um pênalti no primeiro tempo

Foto: Karim George/ Fortaleza EC

Publicados

em

Na tarde desta quarta-feira, tudo igual no estádio João Ronaldo entre Pacajus e Fortaleza pela terceira rodada do Campeonato Cearense. Pouco inspirado, o Leão do Pici não conseguiu furar a defesa do Índio do Vale do Caju, com direito a pênalti desperdiçado pelo atacante Wellington Paulista ainda no primeiro tempo, e as equipes ficaram zeradas.

E agora?

Com o resultado, o Pacajus aparece em sexto, com dois pontos, enquanto o Fortaleza volta para a liderança, com sete. Na sequência, o Índio encara o Icasa, novamente no João Ronaldo, já o Leão do Pici enfrente o Ferroviário, no Castelão.

O jogo

O Pacajus começou o duelo impondo uma forte marcação ao Fortaleza, que tentou chegar em finalizações de fora da área, porém, sem sucesso. Assim, sem espaços pelo meio, as alternativas buscadas pelo Leão do Pici foram jogadas laterais. E desta forma, os visitantes conseguiram grande chance de marcar.

Aos 25 minutos, Lucas Crispim cruzou na área e Osvaldo foi derrubado pela defesa do Índio. Pênalti. Na bola, Wellington Paulista bateu mal demais e errou o alvo. A oportunidade, desperdiçada, porém, não mudou o panorama do jogo, que teve o Leão do Pici em cima, inclusive acertando a trave com Wellington Paulista após sobra de bola na grande área, pouco depois.

Segundo tempo

Na etapa complementar, o Índio mudou a postura totalmente reativa e buscou ser mais ofensivo, pressionando o Fortaleza com uma marcação mais forte e mais jogadores no ataque. Assim, assustou pela primeira vez no confronto aos dez minutos, em finalização de Rayro após boa jogada de testinha, onde o atacante chutou para boa defesa de Max Wallef.

O Fortaleza, por sua vez, em ritmo lento, seguiu sem conseguir penetrar na defesa do Pacajus e só chegou, em todo o segundo tempo, num cruzamento despretensioso de Daniel Guedes, em que o zagueiro Cris por pouco não marcou contra – acertou a trave.

A partir daí, o jogo foi bem morno, sem emoções ou chances, numa atuação pobre do Leão do Pici, que teve a estreia de Wellington Nem saindo do banco, mas o atacante pouco criou.

Ficha

Pacajus

Crismerio; Igor, Jerferson (Vinicius), Victor, Guto; Dedé, Rafael Tchuca, Rayro (Adriano Costa), Testinha (André Cassaco); Rafael Rocha e Claudivan (Zé Paulo). Técnico: Roberto Carlos

Fortaleza

Max Wallef; Daniel Guedes, Wanderson, João Paulo (Benevenuto), Carlinhos; Felipe, Ronald, Isaque (Luiz Henrique), Lucas Crispim (Igor Torres); Osvaldo (Wellington Nem) e Wellington Paulista (Gustavo Coutinho). Técnico: Léo Porto

Outro jogo da rodada

Ainda na tarde deste domingo, no estádio Raimundão, o Atlético-CE não tomou conhecimento e fez 6 a 0 em cima do Caucaia, e subiu para o segundo lugar da tabela, enquanto os mandantes continuam na lanterna, com menos três pontos.

Trending