conecte-se conosco
Francisco Diá, técnico do Ferroviário Francisco Diá, técnico do Ferroviário

CECearenseÚltimas

‘Quem abre é rosa, c… e porta’, falou Diá sobre Ferroviário ‘abrir’ para eliminar Ceará

Foto: Lenilson Santos/Ferroviário AC

Publicados

em

Após o Ferroviário empatar em 2 a 2 com o Atlético-CE pelo Campeonato Cearense, resta apenas mais uma rodada para o fim da segunda fase. O Tubarão já se classificou para o mata-mata e há uma chance do Ceará, um forte candidato ao título, ser eliminado agora. Daí, em entrevista coletiva, veio o gancho para o ‘excesso de sinceridade’ do técnico Francisco Diá.

Ele foi perguntado se havia possibilidade do Ferrim “abrir” para o Pacajus vencer na última rodada. Isso porque, com uma derrota do Tricolor e um tropeço do Ceará, o Vozão estaria fora das semifinais. Francisco Diá foi direto e sem papas na língua ao comparar o que é que abre.

“Quem abre é rosa, c… e porta. Jamais jogo para perder. Jogo para ganhar todos os jogos”, disse, seco, o comandante do Ferrim. Com o empate, sua equipe chegou aos 14 pontos, ocupa a segunda colocação e garantiu matematicamente a vaga para as semifinais.

O treinador do Ferroviário é um dos personagens do futebol nordestino. Além de ter bastante rodagem por diferentes clubes da região, as suas entrevistas, vez ou outra, chamam a atenção. Em março, durante a paralisação do Campeonato Cearense, o Ferroviário vinha se preparando para o duelo contra o América-MG, pela Copa do Brasil. Francisco Diá comentou que a sua dedicação pelo clube vinha tão grande naquele momento, que nem estava tendo relações sexuais por viver futebol o dia todo.

Ouça o áudio da coletiva de Francisco Diá, técnico do Ferroviário (pergunta + resposta sincera a partir de 3min19s)

Coletiva do técnico Francisco diá, do Ferroviário

Trending