conecte-se conosco

SESergipanoÚltimas

Diretoria do Lagarto estuda pedir árbitro Fifa para final do estadual contra o Sergipe

Foto: Divulgação/Sergipe

Publicados

em

A diretoria do Lagarto estuda a possibilidade de bancar a presença de um árbitro Fifa para a partida de volta da final do Campeonato Sergipano contra o Sergipe, no próximo sábado, às 17h30, no Barretão. Os dirigentes do Verdão reclamaram da atuação da árbitra Thayslane de Melo Costa no jogo de ida, principalmente por conta da expulsão do goleiro André Luiz, logo aos 12 minutos do primeiro tempo, após o lance ter sido revisado no árbitro de vídeo. O arqueiro agrediu o meia Doda e recebeu cartão vermelho. Na cobrança do pênalti, o Gipão abriu o caminho para a vitória por 3 a 1.

De acordo com o regulamento do Campeonato Sergipano, os clubes têm até 72h antes da partida para solicitar que uma arbitragem de fora do estado, que seja do quadro da Fifa. O clube solicitante também precisa arcar com R$ 25 mil para o pagamento do quarteto de arbitragem, incluindo o árbitro reserva.

“Existia a possibilidade real para o primeiro jogo, mas como o mando de campo era do Sergipe e nós credibilizamos muito a arbitragem sergipana, o primeiro jogo foi com uma árbitra daqui, da Fifa”, afirmou o presidente do Lagarto, Róbson Santos, em entrevista nesta terça-feira (18) ao GE de Sergipe.

“Diante do ocorrido e considerando que mesmo com o VAR também pode haver erro humano, já que o VAR só mostra o lance, mas é o árbitro que interpreta, o Lagarto não descarta a possibilidade e estamos dentro do prazo de até 72h antes da partida”, reforçou o dirigente.

Com a derrota por 3 a 1, o Lagarto agora precisa vencer por dois gols de diferença para conquistar o primeiro título sergipano da sua história. Isso porque, a equipe empataria em número de pontos e saldo de gols, mas ficaria com o título por ter melhor campanha que o Sergipe na primeira fase da competição.

Trending