conecte-se conosco

EstaduaisParaibanoPBÚltimas

Treze e Perilima empatam no Amigão pelo Campeonato Paraibano

Resultado não foi bom para nenhuma das equipes

Foto: Jefinho Cariri/ Treze

Publicados

em

Tudo igual. Treze e Perilima se enfrentaram na noite desta terça-feira, no estádio Amigão, e ficaram no 1 a 1. No fim do primeiro tempo, Júlio Ferrari marcou para o Galo da Borborema, enquanto no início da complementar Rogério Sena deixou tudo igual para a Águia em duelo válido pela abertura da sexta rodada do Campeonato Paraibano.

E agora?

Com o resultado, o Treze subiu para a terceiro, com oito pontos, enquanto o Perilima foi para três, mas segue na lanterna da competição. Na sequência do Estadual, o Galo faz clássico com o Campinense, enquanto a Águia enfrenta o São Paulo Crystal, ambos neste domingo.

O jogo

Treze e Perilima fizeram um jogo bem movimentado, equilibrado nas alternâncias das ações e investidas ofensivas. A primeira chegada foi da Águia, aos quatro minutos, em chance cara a cara com Fábio Lima, que chutou para defesa de Jeferson. Aos 13, por sua vez, o Galo respondeu em jogada de Bruce, que invadiu a área e fez bom cruzamento, interceptado por Victor Alves.

Não durou muito, inclusive, para o Galo perder outra chance. Aos 19, João Leonardo recebeu cruzamento na pequena área e era só completar para as redes, mas o atacante cabeceou por cima. Aos 27, foi a vez da Águia voltar a levar perigo e de novo com Fábio Lima, em cobrança de falta forte que foi para fora.

Depois de um início com ritmo forte e alternado, as equipes diminuíram o ímpeto e o jogo esfriou, voltando a ter emoção nos acréscimos do primeiro tempo. E sendo melhor para o Treze. Aos 45 minutos, Raulisson aciona Júlio Ferrari do lado direito da grande da área e o atacante chutou forte, no canto, cruzado, para abrir o placar.

Segundo tempo

A etapa complementar mal começou e já teve gol. Do Perilima. No primeiro minuto, Fábio Lima invadiu a área e cruzou para Rogério Sena, que só completou para as redes para abrir o placar. Depois daí, o segundo tempo apresentou panorama equilibrado, mas de menos chances, uma vez que ficou mais concentrado no meio, muito disputado e até com algumas faltas mais duras e cartões.

E só voltou a ter emoções por volta dos 25 minutos, quando a Águia chegou duas vezes, com Fábio Lima e Igor Chrystian, onde Jefferson fez duas boas intervenções. A reta final do segundo tempo, entretanto, foi do Galo, que cresceu de rendimento e teve um pênalti a favor: Marcelinho Barbosa foi puxado na área por Renato e o árbitro Tiago Ramos marcou a penalidade máxima. Na bola, João Leonardo não bateu bem e Victor Alvos foi bem para fazer a defesa, aos 38 minutos, na última chance mais clara do jogo. Tudo igual.

Ficha

Treze

Jeferson; Júlio Ferrari, Marlon (Adriano Alves), Rômulo e Bruce; João Ananias, Romeu (Marcelino Barbosa), Ferrugem (Jairinho) e Raulisson (Sonny Anderson); Marcelo Júnior (Bahia) e João Leonardo. Técnico: Marcelinho Paraíba

Perilima

Victor Alves, Ewerton (Stronda), José Werison e Jordan; Dênis, Ezequias, Vitinho (Renato), Igor Chrystian e Dudu Paraíba; Fábio Lima e Rogério Sena (Júlio César). Técnico: Dinho Silva

Gols: Júlio Ferrari (TRE); Rogério Sena (PER)

Trending