conecte-se conosco
Bruno Pivetti, técnico do CSA Bruno Pivetti, técnico do CSA

ALCSASérie BÚltimas

CSA: Técnico destaca dificuldade contra Náutico, mas mira boa estreia na Série B

Foto: Augusto Oliveira/CSA

Publicados

em

O CSA sagrou-se campeão alagoano diante do CRB no último fim de semana e agora se prepara visando a estreia na Série B, contra o Náutico. A partida está marcada para esta sexta-feira (28), às 21h30, no estádio dos Aflitos. No ano passado, a última partida da equipe alagoana na competição foi justamente contra o Timbu, e o reencontro volta a acontecer neste momento. Desta forma, o técnico Bruno Pivetti afirmou que já vem estudando o adversário, que também foi campeão estadual, para fazer frente e largar bem na Segundona.

“Nós acompanhamos o trabalho que vem sendo feito no Náutico desde o ano passado, pelo professor Hélio dos Anjos. Sabemos que temos um grande desafio pela frente, mas nos encontramos bem preparados. É claro que vamos aproveitar essa semana para, justamente, poder aumentar nossas chances de neutralizar os pontos fortes do adversário, bem como também poder atacar certas vulnerabilidades que podemos detectar em nossas análises. Isso tudo faz parte do jogo, entra na questão estratégica e eu tenho certeza que estamos bem preparados para esse confronto que, repito, não será fácil. O Náutico vem fazendo belas campanhas, tem um aproveitamento muito bom neste ano, mas estamos bem preparados para o desafio da estreia”, disse Bruno Pivetti.

Evolução do CSA

O treinador assumiu o CSA há exatamente um mês. De lá para cá, passou por um período ausente por conta da covid-19, voltou e conseguiu conduzir o time ao título estadual. Ele já vem colocando sua cara no estilo de jogo do Azulão e, mesmo sem tantos resultados expressivos traduzidos no placar das partidas, algumas ideias têm sido notadas. Para Pivetti, o que ele destaca é o equilíbrio entre os setores do CSA na partida, e o aprendizado com os próprios erros.

“O nosso ponto forte é justamente o equilíbrio em todos os momentos do jogo. É claro que estamos ainda em evolução, mas à medida que os treinamentos vão acontecendo e os jogos nos colocando outras necessidades, vamos atuando principalmente no feedback em vídeos aos jogadores e também no feedback em treinamento. Isso é fundamental para que nós possamos contribuir para a evolução desse grupo, tanto do ponto de vista coletivo como também do lado individual”, concluiu o comandante do CSA.

Trending