conecte-se conosco

ParaibanoPBÚltimas

Campinense avança à final do PB com pênalti defendido e convertido por Mauro Iguatu

Foto: Daniel Lins/Campinense

Publicados

em

O Campinense está na final do Campeonato Paraibano e com o goleiro Mauro Iguatu como herói. Após o empate por 0x0 no tempo normal contra o Botafogo-PB, no Almeidão, o goleiro da Raposa foi decisivo nos pênaltis ao defender uma cobrança e marcar na última batida, na noite desta quarta-feira (2), para confirmar a vitória por 5×4.  

Com o triunfo nos pênaltis, o Campinense enfrentará o Sousa na decisão do estadual, em jogos de ida e volta, com datas a serem confirmadas pela Federação Paraibana de Futebol. O campeão estadual ficará com a vaga direta na fase de grupos da Copa do Nordeste. Enquanto o Belo disputará a fase preliminar do Regional por ser o melhor clube do estado no ranking da CBF.

O jogo

A etapa inicial não foi digna de uma semifinal de Campeonato Paraibano e não fez justo a uma partida decisiva. O Campinense teve mais posse de bola, mas sem objetividade. Enquanto o Botafogo-PB apenas marcou e não conseguiu contra-atacar. Desta forma, até o intervalo, o ritmo foi lento e sem emoções.

Na etapa complementar, o panorama seguiu o mesmo. Porém, o jogo esquentou na reta final com oportunidades para os dois lados e trabalho para os goleiros Felipe e Mauro Iguatu. Contudo, ninguém balançou as redes e a decisão foi para os pênaltis.

Mauro Iguatu vira herói

Nos pênaltis, o goleiro Mauro Iguatu foi o grande herói da classificação. O goleiro defendeu a cobrança de Kaio Wilker logo na primeira batida. Fred, Maurinho, Welton e Gabriel Araújo marcaram para o Belo. Michel, Cleiton e Rafinha também balançaram as redes. Na última cobrança, Mauro Iguatu bateu no alto e levou a Raposa para a decisão. 

Ficha do jogo

Botafogo-PB (4)
Felipe, Rodrigo Ramos (Pablo), Fred, Willian Machado e Tsunami (Gabriel Araújo); Amaral, Bruno Menezes (Juninho), Marcos Aurélio (Maurinho) e Clayton; Welton Felipe e Luã Lúcio (Kaio Wilker). Técnico: Gerson Gusmão.

Campinense 0 (5)
Mauro Iguatu, Felipinho, Michel Bennech, Cleiton e João Victor (Gilmar); Rafinha, Cleidson Pink (Joílson), Marcelinho (Allefe) e Cadu (Ivamar); Matheus Régis e Marcos Nunes (Cláudio). Técnico: Ranielle Ribeiro.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending