conecte-se conosco

BABahiaCECearáSérie AÚltimas

Com participação do VAR e dois gols de Gilberto, Bahia vence o Ceará

Foto: Rafael Machaddo / EC Bahia

Publicados

em

A reedição da última final da Copa do Nordeste foi movimentada, com virada, participação do VAR e o Bahia levando a melhor novamente. Na tarde desta quinta-feira (17), no Castelão, o Tricolor venceu o Ceará por 2×1, pela 4ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. O Vozão saiu na frente com Saulo Mineiro, mas levou dois gols de Gilberto em sequência ainda no primeiro tempo.

O jogo foi nervoso e o árbitro de vídeo foi acionado duas vezes. Na etapa inicial, o pênalti que gerou o gol de empate de Gilberto foi marcado com o auxílio do VAR. Já no segundo tempo, Marcelo de Lima Henrique marcou um pênalti para o Ceará. Porém, a tecnologia mostrou que Jorginho se jogou no lance. Após o apito do árbitro, o Vozão chegou a marcar o gol, mas que não foi validado porque o jogo já estava paralisado.

Com o triunfo, o Tricolor subiu para a 6ª colocação com sete pontos e, no próximo domingo (20), recebe o Corinthians, em Pituaçu, às 16h. O Vozão, sem vencer há três rodadas, caiu para a 12ª posição com quatro pontos e, no mesmo dia e horário, enfrenta o Internacional, no Beira-Rio.

Intensidade, gols e virada do Bahia

A intensidade deu o tom do primeiro tempo da partida no Castelão. Logo no primeiro minuto, o Ceará pediu pênalti na dividida de Luiz Otávio com Saulo Mineiro, que ficou no chão. O árbitro mandou seguir, mas já foi a dica do que viria pela frente.

O Vozão começou a partida de forma mais incisiva e com precisão no ataque. O goleiro Matheus Teixeira salvou um chute de Mendoza, mas não parou Saulo Mineiro. Aos 15 minutos, o atacante ganhou fácil de Luiz Otávio, que escorregou, entrou na área e chutou rasteiro para abrir o placar.

Em desvantagem, o Bahia passou a tentar ter o domínio do jogo em busca do empate e conseguiu aos 30 minutos com o auxílio do VAR. Marcelo de Lima Henrique marcou pênalti de Gabriel Dias em Luiz Otávio após revisão do árbitro de vídeo. Gilberto bateu firme, sem chances para Vinícius Machado e deixou tudo igual.

O artilheiro do Bahia voltou a aparecer quatro minutos depois. Em uma bonita jogada, Thaciano tocou para Matheus Bahia, que cruzou para a área. Gilberto se antecipou e mandou de primeira para o fundo das redes para virar a partida para o Esquadrão.

Var em ação novamente

O VAR foi acionado outra vez no segundo tempo em um novo lance importante. Aos 19 minutos, Jorginho tentou passar por Daniel e caiu na área. Marcelo de Lima Henrique apitou na hora e marcou pênalti, apesar de a jogada ter continuado com gol para o Ceará. Porém, depois da consulta ao árbitro de vídeo, a penalidade foi anulada e Jorginho recebeu o amarelo por simulação. Assim, o Vozão ficou sem o pênalti e sem o gol.

Na sequência, Guto Ferreira acionou Vina, Marlon e Charles em busca do empate. Dado Cavalcanti respondeu com Maycon Douglas, Lucas Araújo, Oscar Ruiz e Edson. Contudo, ninguém conseguiu balançar as redes. O rendimento da etapa complementar foi bem abaixo comparado ao primeiro tempo. O Ceará, em desvantagem, pouco conseguiu entrar na área adversária e em chutes de longe não igualou o marcador. O Bahia, bem postado taticamente, garantiu o triunfo.   

Ficha do jogo

Ceará 1
Vinícius Machado; Gabriel Dias (Charles), Messias, Klaus e Bruno Pacheco; Oliveira (Oliveira), Fernando Sobral e Jorginho (Vina); Lima, Mendoza (Hélio) e Saulo. Técnico: Guto Ferreira.

Bahia 2
Matheus Teixeira; Renan Guedes, Luiz Otávio, Juninho e Matheus Bahia; Jonas (Patrick de Lucca), Thaciano (Lucas Araújo) e Daniel (Edson); Rossi (Oscar Ruiz), Thonny Anderson e Gilberto (Maycon Douglas). Técnico: Dado Cavalcanti.

Local: Arena Castelão, em Fortaleza-CE.
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ) 
Assistentes: Eduardo Goncalves da Cruz (MS) e Márcia Bezerra Lopes Caetano (RO)
Gols: Saulo Mineiro (Ceará), aos 15 do 1ºT; Gilberto (Bahia), aos 30 e 34 do 1ºT.
Cartões amarelos: Mendoza, Bruno Pacheco e Jorginho (Ceará); Edson, Maycon Douglas e Thonny Anderson (Bahia).

Ouça a partir do minuto 85′:

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending