conecte-se conosco
Paulo Sérgio, zagueiro do Sampaio Corrêa Paulo Sérgio, zagueiro do Sampaio Corrêa

MASampaio CorrêaSérie BÚltimas

Com final eletrizante, Sampaio Corrêa e Brusque empatam pela Série B

Foto: Jefferson Alves/Sampaio Corrêa

Publicados

em

O Sampaio Corrêa foi até Santa Catarina e conquistou um ponto contra o Brusque no empate em 0 a 0, no estádio Augusto Bauer, pela Série B. A partida foi bastante truncada, mas com o Tubarão tendo as melhores oportunidades por ser o time mais agudo no duelo. Além disso, os minutos finais foram bastante elétricos e, apesar de ambos os times terem criado oportunidades, o goleiro Mota se destacou ao fazer grande defesa aos 47 minutos e o placar ficou em branco.

Com o resultado, o Sampaio Corrêa está momentaneamente na quarta colocação, com nove pontos. Porém, com o desenrolar da rodada, a equipe pode deixar o G4. Os maranhenses voltam a campo no sábado (26), às 16h, contra o Botafogo, no Castelão. Já o Brusque, que está na terceira posição com 10 pontos, e também pode deixar o G4, vai até o Rio de Janeiro enfrentar o Vasco, em São Januário, às 21h do próximo domingo (27).

Confira a classificação da Série B

Início acelerado, mesmo sem grandes chances

O duelo começou equilibrado, com o Sampaio Corrêa se lançando ao ataque, sem se intimidar por estar jogando fora de casa. Não aconteceram muitas chances claras, de início, mas os dois times tentavam escapar em velocidade. Com isso, para evitar maiores perigos, ambos vinham cometendo muitas faltas, principalmente o Tubarão. O Brusque tinha maior domínio da bola na partida, mas os maranhenses eram mais incisivos e tiveram as melhores oportunidades.

Aos quatro minutos, Ciel recebeu de Romarinho, tentou a finalização, mas a zaga fez o desvio providencial para evitar o gol. A bola só veio assustar novamente aos 28, quando Daniel Costa cobrou escanteio fechadinho e quase marca um gol olímpico. O Brusque respondeu aos 32, quando Thiago Alagoano recebeu de Gabriel Taliari e bateu mascado. A bola passou por Mota, mas não por Luís Gustavo, que evitou o pior e espanou para longe. Aos 42, Ciel cabeceou visando o canto direito do goleiro e mandou muito perto da meta.

Retorno truncado, mas com Sampaio melhor

A partida continuou equilibrada na etapa complementar, mas com o Sampaio Corrêa apresentando as melhores chances novamente. Só que o ritmo deu uma diminuída e as duas equipes preferiam não se expor tanto para, assim, não correr o risco de ficar em desvantagem. Além disso, os erros de passe e o número elevado de faltas permaneceu também nos últimos 45 minutos. Somente nos minutos finais esse panorama mudou.

Apostando na bola parada, Daniel Costa foi quem conseguiu assustar o goleiro Jefferson Paulino. Aos oito minutos, em nova cobrança de escanteio bem fechada, o goleiro foi esperto e conseguiu conferir para evitar o gol. Aos nove, agora batendo falta, o camisa 10 do Sampaio Corrêa cobrou bem, mas o goleiro saltou bem para defender. Aos 12, Jean Silva fez grande jogada pela esquerda e bateu cruzado, com força, visando o ângulo do Brusque. Mas a bola raspou a trave e foi pra fora.

Mudança brusca no ritmo

Nos últimos 10 minutos, o jogo ficou bastante aberto, com o Brusque tentando fazer uma blitz como não havia feito antes, e o Sampaio Corrêa buscando os contra-ataques. Aos 40, João Carlos avançou pela direita, com espaço, e bateu forte acertando a rede pelo lado de fora. Aos 45, o Paio respondeu com Jeffinho, que chutou para defesa em dois tempos do goleiro.

Aos 46, Edu bateu rasteiro e Mota conseguiu mandar para escanteio. No minuto seguinte, uma linda defesa do goleiro do Tubarão, quando o próprio Edu recebeu a bola pela direita, cortou para o meio e bateu colocado, no ângulo. Mas Mota estava lá para se esticar todo e salvar. Ainda deu tempo, aos 49, para Jajá tentar fazer para o Sampaio. Ele invadiu a área, limpou a marcação e bateu cruzado, passando muito perto do gol.

Ficha do jogo

Brusque (0)

Jefferson Paulino; Toty (João Carlos), Ianson, Claudinho e Airton; Zé Matheus, Rodolfo Potiguar (Fillipe Soutto), Diego Mathias (Fio) e Gabriel Taliari (Bruno Lopes); Thiago Alagoano e Edu. Técnico: Jerson Testoni.

Sampaio Corrêa (0)

Mota; Luís Gustavo, Paulo Sérgio, Allan e Eloir (Betinho); André Luiz, Ferreira e Daniel Costa (Zé Mário); Romarinho (Watson), Ciel (Jeffinho) e Jean Silva (Jajá). Técnico: Felipe Surian.

Local: Estádio Augusto Bauer, em Brusque-SC.

Árbitro: Fábio Augusto Santos Sá Júnior (SE).

Assistentes: Wendel Augusto Lino e Rodrigo Guimarães Pereira (ambos SE).

Cartões amarelos: Rodolfo Potiguar (BRU); Luís Gustavo, Allan, Eloir, Ferreira e Romarinho (SAM).

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending