conecte-se conosco

ALCRBSérie BÚltimas

Superior, CRB vence o Brasil no Rei Pelé e se aproxima do G4 da Série B

Em sexto, time regatiano tem a mesma pontuação do quarto, Coritiba

Publicados

em

O CRB foi melhor e venceu o Brasil de Pelotas por 2 a 1, na noite desta terça-feira, no estádio Rei Pelé, pela sexta rodada da Série B. Os gols do Galo da Pajuçara foram marcados por Diego Torres e Erik, enquanto o Xavante descontou com Rômulo. A vitória, aliás, que marca a reabilitação no campeonato após duas derrotas seguidas.

E agora?

Com o resultado, a equipe regatiana subiu aos dez pontos pontos – a um do G4 – em sexto lugar na Segundona. Na sequência, o CRB enfrenta o Avaí, nesta sexta-feira, na Ressacada.

O jogo

O primeiro tempo teve o CRB com mais posse de bola e mais perto do gol, ainda que em alguns momentos tenha sido pouco efetivo ao tentar infiltrar na defesa gaúcha.

Rondando a área, o Galo flertou em alguns momentos com a falta de objetividade, mas conseguiu ser perigoso quando Diego Torres aumento a participação em campo, na metade final do primeiro tempo. Em cobrança de falta frontal, o argentino por pouco não abriu o placar e acertou o travessão.

Acelerando um pouco mais no último terço, o CRB abriu o placar de pênalti. Acionado por Jean Patrick, o atacante Hyuri foi derrubado por um duro carrinho dentro da área próximo à linha de fundo e o árbitro assinalou infração sobre o jogador regatiano, corretamente. Na cobrança, Diego Torres deslocou Matheus Nogueira e abriu o placar, aos 42 minutos.

Defensivamente, por sua vez, o Galo pouco sofreu e conseguiu neutralizar as tentativas de chegadas do Brasil, que postou-se em bloco baixo em busca de contra-ataque. Assim, o time gaúcho teve apenas uma chegada, ainda que bem perigosa, quando Fabrício avançou em velocidade e falhou em duas tentativas de marcar, ambas da marca do pênalti, na mesma jogada: primeiro, parou em Diogo Silva e, em seguida, chutou para fora o rebote, com a barra parcialmente aberta.

Segundo tempo

Na etapa complementar, o jogo voltou com cenário parecido. Com mais posse de bola, o Galo seguiu conseguindo controlar o jogo e por pouco não marcou com Reginaldo e Alisson Farias em finalizações de fora da área, defendidas por Matheus Nogueira.

Apesar de bem postado e mais próximo de marcar do que levar um gol, o CRB acabou sofrendo atrás. E em um vacilo defensivo. Após cobrança de escanteio, ninguém acompanhou e Rômulo subiu sozinho para tentar duas vezes e superar Diogo Silva. Tudo igual, aos 18 minutos.

A igualdade, porém, durou pouco. E com dose de sorte para o time regatiano. Em chute de fora da área, Erik contou com o desvio na defesa gaúcha para bater Matheus Nogueira e fazer 2 a 1, aos 25.

Dali em diante, Allan Aal fez mudanças a fim de dar gás novo ao time e fortalecer a marcação para segurar o placar, conquistar uma importante vitória e se aproximar do G4.

Ficha

CRB

Diogo Silva; Celsinho, Gum, Caetano, Guilherme Romão; Marthã, Jean Patrick (Carlos Jatobá), Diego Torres (Renan Bressan), Reginaldo e Alisson Farias (Erik); Hyuri (Vitão). Técnico: Allan Aal

Brasil de Pelotas

Matheus Nogueira; Vidal (Thalys), Leandro Camilo (Héverton), Ícaro, Arthur; Rômulo (Kevin), Bruno Matias (Wesley), Perini, Lucas Santos; Fabrício (Matheuzinho) e Ramon. Técnico: Cláudio Tencati

Local: Rei Pelé, Maceió
Cartões amarelos: Leandro Camilo, Bruno Matias (BRA); Carlos Jatobá (CRB)
Gols: Diego Torres, Erik (CRB); Rômulo (BRA)

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending