conecte-se conosco
Fortaleza perdeu para o Flamengo no Maracanã Fortaleza perdeu para o Flamengo no Maracanã

CEFortalezaSérie AÚltimas

Apesar da luta, falhas pesam e Fortaleza perde do Flamengo

Publicados

em

Derrota que tirou a invencibilidade de 21 jogos do Fortaleza na temporada. O Leão apresentou falhas em um primeiro tempo abaixo do esperado e acabou derrotado pelo Flamengo por 2 a 1, no Maracanã. Os gols da partida foram marcados por Bruno Henrique, duas vezes, para os Rubro-negros, e David descontou para o Tricolor. Os erros individuais e marcação espaçada na etapa inicial foram bem aproveitados pelos cariocas, que abriram a vantagem de dois gols. No segundo tempo, com mudanças de peças e postura, o Fortaleza cresceu, até diminuiu o placar e proporcionou um jogo bastante aberto, mas não conseguiu empatar.

Com o resultado, o Fortaleza caiu para a terceira colocação com 11 pontos. Além disso, ainda pode deixar o G4 nesta rodada, a depender dos demais resultados. O Leão volta a campo no próximo domingo (20), às 20h, contra o Grêmio, em Porto Alegre-RS. Já o Flamengo, com dois jogos a menos, subiu para a sétima posição com nove pontos. Na próxima rodada, vai até Caxias do Sul-RS encarar o Juventude, no domingo, às 11h.

Confira a classificação da Série A

Flamengo bastante superior ao Fortaleza

Um primeiro tempo onde o Fortaleza sofreu nas mãos do Flamengo. Encaixotado na defesa com a marcação alta carioca, o Tricolor foi apresentando dificuldades na sua saída de bola e deu alguns vacilos. O primeiro deles foi aos dois minutos, quando Felipe Alves errou a saída de jogo e deu no pé de Pedro. Com o goleiro fora da área, Vitinho recebeu passe e mandou por cima do gol, assustando o Leão.

Na segunda falha do tipo, o Flamengo não perdoou. Aos 20, Bruno Henrique roubou a bola do volante Felipe dentro da área, que demorou a decidir o que fazer com a bola. Nisso o atacante tomou, ajeitou o corpo e bateu no cantinho direito, abrindo o placar. O Fortaleza tentou reagir, subindo mais a sua marcação e tentando povoar o campo de ataque. Aos 27, Matheus Vargas pegou no meio, bateu rasteiro e Diego Alves rebateu para o meio da área. A zaga rubro-negra cortou bem o lance. Os cariocas responderam aos 29, quando Bruno Henrique lançou Michael em contra-ataque, o ponta saiu de cara com Felipe Alves e o goleiro fez um milagre para salvar o Leão.

Aos 32 minutos, David puxou contra-ataque pela esquerda e tocou rasteiro para Pikachu, que invadia a área pela direita. O ponta bateu forte, de primeira, e assustou o goleiro Diego Alves. Porém, a dificuldade na marcação na entrada da área, que o Tricolor já vinha apresentando ao longo da primeira etapa, cobrou seu preço. Aos 42, Pedro serviu Bruno Henrique, que carregou na intermediária, a defesa deu espaço e ele bateu. A bola desviou em Marcelo Benevenuto e tirou Felipe Alves do lance, ampliando o marcador.

Fortaleza melhora, mas Fla garante placar

O Leão voltou para a partida com mudanças na estrutura da equipe, com as entradas de Romarinho e Ronald na vaga de Matheus Vargas e Felipe, que vinha mal no primeiro tempo. Assim, com apenas 12 segundos da etapa final, Éderson foi lançado por Pikachu nas costas da defesa e rolou na esquerda para David, que chegou batendo de chapa, no canto esquerdo de Diego Alves, diminuindo o placar. Com uma postura mais ofensiva, o jogo ficou mais aberto para os dois lados.

Aos oito minutos, com Felipe Alves adiantado, Bruno Henrique arriscou de muito longe e acertou o travessão do Fortaleza. Quase o hat-trick do atacante carioca. Com a partida em bom ritmo, lá e cá, quem teve mais chances claras foi o próprio Flamengo. Aos 18 minutos, Vitinho recebeu pela direita e chutou forte para boa defesa de Felipe Alves. Aos 22, o lance mais incrível na segunda etapa. Gomes cruzou rasteiro pela esquerda, Gerson apareceu livre na segunda trave para finalizar e Felipe Alves fez grande defesa. A bola sobrou na entrada da área para Matheuzinho, que bateu forte e Marcelo Benevenuto salvou em cima da linha.

Apesar de não ter ajustado tão bem a parte defensiva, vale destacar o Leão lutou bastante no segundo tempo. Atacou o Flamengo, foi para cima, mesmo contra um adversário mais qualificado. Essa valentia é algo a se salientar, pois, mesmo com os riscos corridos, buscou o gol. Aos 30 minutos, Lucas Crispim ficou com a bola após cobrança de lateral direto para a área. O meio-campista chutou bem e Diego Alves fez boa defesa, mandando para escanteio.

O Fortaleza ainda reclamou da não expulsão de Gomes, que já tinha o cartão amarelo e fez falta dura em Éderson. Com o final truncado, Vojvoda lançou o time com mais ímpeto ao ataque e ainda deu tempo de desperdiçar mais uma tentativa, aos 47, com Robson, que cabeceou para fora após cruzamento de Tinga.

Ficha do jogo

Flamengo (2)

Diego Alves; Matheuzinho, Rodrigo Caio, Willian Arão e Filipe Luís (Renê); Diego (Hugo Moura) e Gerson; Vitinho (Gomes), Michael, Bruno Henrique e Pedro (Rodrigo Muniz). Técnico: Rogério Ceni.

Fortaleza (1)

Felipe Alves; Tinga, Marcelo Benevenuto e Titi; Éderson, Felipe (Ronald), Matheus Vargas (Romarinho) e Lucas Crispim (Osvaldo); Yago Pikachu, David e Wellington Paulista (Robson). Técnico: Juan Pablo Vojvoda.

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro-RJ.

Árbitro: Anderson Daronco (RS).

Assistentes: Anderson da Silva Alves e Michael Stanislau (ambos RS).

Gols: Bruno Henrique, aos 20′ e 42′ do 1ºT (FLA); David, a 0′ do 2ºT (FOR)

Cartões amarelos: Gomes (FLA); David (FOR)

Ouça a partir do minuto 54′:

Trending