conecte-se conosco

ALCSASérie BÚltimas

No reencontro com Mozart Santos, CSA derrota o Cruzeiro, de virada

Publicados

em

No reencontro com o técnico Mozart Santos, atualmente comandando o Cruzeiro, o CSA conseguiu uma importante vitória, de virada, por 2 a 1, no Rei Pelé, e vai subindo na classificação da Série B. Com o segundo triunfo seguido, o Azulão chega aos oito pontos, ficando a quatro do G4, porém, com um jogo a menos.

O resultado também serve para acalmar os ânimos internos no CSA, que viu um racha na diretoria de futebol, com os ex-diretores Raimundo Tavares e Herbson Paulino, que tocavam a pasta deixando, o clube e ainda fazendo duras críticas ao presidente Rafael Tenório.

Por fim, a partida ainda marcou a estreia do meia Renato Cajá e o retorno do também meia Bruno Mota, recuperado de lesão. Ambos foram acionados no segundo tempo. Porém, os nomes da partida foram o atacante Iury Castilho, autor dos dois gols, e o meia Gabriel, o melhor em campo. 

Na próxima rodada, o CSA visita a Ponte Preta, lanterna e único time ainda sem vitórias na competição, em Campinas. No mesmo dia, o Cruzeiro, que soma sete pontos, recebe o Guarani.

O jogo

O Azulão foi surpreendido logo aos seis minutos. Após bom escanteio cobrado por Marcinho, o ala Felipe Augusto subiu mais alto que a defesa alagoana e, de cabeça, abriu o placar no Rei Pelé. No entanto, a desvantagem logo no início da partida não abalou o CSA, que foi superior em todo o primeiro tempo.

Com o meia Gabriel sendo o principal articulador da equipe, o Azulão foi, aos poucos, dominando as ações, chegando a ter 65% de posse de bola. E a virada não demorou a acontecer. E com dois gols engatilhados, superando o esquema com três zagueiros da equipe mineira.

Aos 26, Gabriel acertou um belo cruzamento para cabeçada certeira de Iury Castilho, empatando a partida. Dois minutos depois, após saída errada do ala Joseph, o atacante do CSA recuperou a bola e acertou um belo chute, surpreendendo Fábio. Virada sensacional.

Com dois gols, atacante Iury Castilho foi o artilheiro da noite no Rei Pelé (foto: Augusto Oliveria/CSA)

Segundo tempo

No entanto, o artilheiro do CSA na noite não voltou para a etapa final. Sentindo muitas dores na coxa esquerda, Iury Castilho acabou ficando nos vestiários, sendo substituído por Silvinho. No Cruzeiro, o técnico Mozar abriu mão dos três zagueiros, sacando Weverton para a entrada de Mateus Pereira.

Porém, na volta para o segundo tempo, o cenário não mudou, com o CSA melhor em campo, sempre com Gabriel sendo o principal responsável pelas ações ofensivas do time. Logo aos seis minutos, Silvinho desperdiçou a chance do terceiro.

Aos 20 minutos, Pivetti resolveu reforçar a marcação e o fôlego no meio de campo, tirando Gabriel e Giva Santos para as entradas do meia Bruno Mota (que, lesionado, estava fora da equipe desde as finais do Alagoano) e do volante Silas.

Quatro minutos depois, Thiago Rodrigues fez a sua primeira grande defesa na partida, ao espalmar bom chute de fora de Felipe Augusto. A essa altura, o Cruzeiro crescia de produção. Mas o CSA tinha os contra-ataques. 

Aos 31, Silvinho recebeu ótimo passe de Bruno Mota, entrou livre, driblou Fábio, mas perdeu o ângulo e chutou para fora, desperdiçando excelente oportunidade para o Azulão. O confronto ficou aberto. Logo em seguida, Pivetti promoveu a estreia do meia Renato Cajá, que entrou na vaga do atacante Dellatorre.

Nos minutos finais, o CSA recuou, se fechou na defesa, e segurou os três pontos.

Ficha do jogo

CSA 2
Thiago Rodrigues; Cristovam, Lucão, Matheus Felipe (Wellington) e Vitor Costa; Geovane, Giva Santos (Silas) e Gabriel (Bruno Mota); Yago (Reinaldo), Dellatorre (Renato Cajá) e Iury Castilho (Silvinho). Técnico: Bruno Pivetti. 

Cruzeiro 1 
Fábio; Joseph, Ramon e Weverton (Mateus Pereira); Raúl Cáceres, Matheus Barbosa, Rômulo (Adriano) e Felipe Augusto; Bruno José (Aírton); Bissoli (Thiago) e Marcinho (Claudinho). Técnico: Mozart Santos

Local: Estádio Rei Pelé, em Maceió
Árbitro: Rodrigo Batista Raposo (DF)
Assistentes: Leila Naiara Moreira da Cruz (DF) e Kleber Alves Ribeiro (DF)
Gols: Felipe Augusto (CRU), aos 5 min do 1º e Iury (CSA), aos 26 e aos 28min do 1º 
Cartões amarelos: Iury, Gabriel, Cristovan e Giva Santos (CSA) e Ramon e Marcinho (CRU)

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending