conecte-se conosco

NáuticoPESérie BÚltimas

Com só cinco jogos fora, Náutico já supera campanhas passadas como visitante na Série B

Rosiron Rodrigues/Goiás EC

Publicados

em

O Campeonato Brasileiro começou há pouco tempo. Para o Náutico, esta Série B só teve 10 jogos, cinco deles longe dos Aflitos. Esse pouco tempo, porém, já foi suficiente para o Timbu conseguir três vitórias, número superior ao que foi conquistado em toda a edição das Séries B de 2006 e 2020, além de deixar o Timbu a apenas nove pontos de garantir a melhor campanha alvirrubra como visitante na história. Essa já é a melhor largada de um clube como visitante na Série B nos últimos seis anos.

O início meteórico do Náutico tem aproveitamentos muito similares dentro e fora de casa. Como mandante, são quatro vitórias e um empate, em 86,7% de aproveitamento. Longe dos seus mandos, o número não é muito menor, com três vitórias (Vitória, Guarani e Goiás) e dois empates (Londrina e CRB), em um rendimento de 73,3% dos pontos disputados.

Após cinco jogos, o Náutico nunca tinha somado tantos pontos fora de casa. Sua melhor campanha datava de 2010, quando o Timbu ganhou três partidas (Duque de Caxias, Figueirense e América-MG) e perdeu duas (São Caetano e Paraná). Foram nove pontos naquela oportunidade, dois a menos que o que o Alvirrubro já fez quando teve que viajar. Do outro lado, a pior campanha é de 2017, com cinco derrotas seguidas na largada.

Se compararmos com o total do campeonato, o Náutico só somou duas vitórias longe de casa ao longo durante as Séries B de 2006 (quando o clube conseguiu o acesso) e 2020. Hoje, esse número já foi superado, com direito, inclusive, ao clube já ter igualado a pontuação que o Náutico fez ao longo de toda a última Série B.

Antes, na edição de 2017, o total de vitórias fora de casa também foi de apenas três, o mesmo que o Timbu já tem em apenas um quatro do campeonato.

Falando nas melhores campanhas, o Náutico também tem um bom caminho para garantir seu melhor desempenho fora de casa na história. Hoje, essa marca pertence aos anos de 2011 (4 vitórias), 2015 e 2016 (5 vitórias), todos com 19 pontos ganhos.

Para igualar isso, basta que, nos 14 jogos restantes, o Náutico vença dois e empate outro dois. Qualquer desempenho além disso, já bota o time de Hélio dos Anjos como o melhor da história do Náutico longe de casa em uma Série B.

Campanhas do Náutico como visitante

2021 – 5º jogo: 11 pontos, 3 vitórias (73,3%)
2020 – 5º jogo: 4 pontos, 1 vitória (26,7%) | 38ª rodada: 11 pontos, 2 vitórias (19,3%)
2017 – 5º jogo: 0 ponto, 0 vitória (0%) | 38ª rodada: 13 pontos, 3 vitórias (22,8%)
2016 – 5º jogo: 4 pontos, 1 vitória (26,7%) | 38ª rodada: 19 pontos, 5 vitórias (33,3%)
2015 – 5º jogo: 5 pontos, 1 vitória (33,3%) | 38ª rodada: 19 pontos, 5 vitórias (33,3%)
2014 – 5º jogo: 5 pontos, 1 vitória (33,3%) | 38ª rodada: 17 pontos, 4 vitórias (29,8%)
2011 – 5º jogo: 5 pontos, 1 vitória (33,3%) | 38ª rodada: 19 pontos, 4 vitórias (33,3%)
2010 – 5º jogo: 9 pontos, 3 vitórias (60%) | 38ª rodada: 13 pontos, 4 vitórias (22,8%)
2006 – 5º jogo: 5 pontos, 1 vitória (33,3%) | 38ª rodada: 14 pontos, 2 vitórias (24,6%)

Melhor visitante após cinco jogos na Série B

2021 – Náutico – 11 pontos (73,3%)
2020 – Ponte Preta/Cuiabá/América-MG – 10 pontos (66,7%)
2019 – Botafogo-SP – 10 pontos (66,7%)
2018 – Avaí/Figueirense/Ponte Preta/CSA – 10 pontos (66,7%)
2017 – Internacional/América-MG – 8 pontos (53,3%)
2016 – Vasco da Gama – 10 pontos (66,7%)
2015 – ABC – 12 pontos (80%)
2014 – Vasco da Gama e Ceará – 8 pontos (53,3%)
2013 – Chapecoense – 13 pontos (86,7%)
2012 – Vitória – 9 pontos (60%)
2011 – Portuguesa – 8 pontos (53,3%)
2010 – Figueirense/Coritiba- 10 pontos (66,7%)
2009 – Guarani – 13 pontos (86,7%)
2008 – Grêmio Barueri – 13 pontos (86,7%)
2007 – Criciúma – 8 pontos (53,3%
2006 – Sport – 10 pontos (66,7%)

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending