conecte-se conosco
Vitória x Cruzeiro Vitória x Cruzeiro

BASérie BÚltimasVitória

Vitória sai na frente, leva virada, mas arranca empate contra Cruzeiro pela Série B

Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro

Publicados

em

Um empate que, mesmo pela situação da tabela, pode trazer alívio diante do que se desenhou a partida. Vitória e Cruzeiro empataram em 2 a 2, na Arena Independência, em Belo Horizonte. O Leão saiu na frente com Samuel, a Raposa virou com Rafael Sóbis e Giovanni, mas Samuel assegurou a igualdade. Depois de um primeiro tempo melhor, o Vitória caiu de rendimento na etapa final, tomou a virada, mas buscou o empate. E contou com defesa importantíssima de Lucas Arcanjo nos acréscimos para assegurar o resultado.

Com o resultado, o Vitória vai a 14 pontos, mas permanece na zona de rebaixamento, em 17º lugar por conta da Ponte Preta, que ganhou do Londrina. O Cruzeiro permanece em 15º, com 17 pontos. O Leão volta a campo neste domingo (15), às 16h, contra o CRB, no estádio Barradão, em Salvador-BA. Já a Raposa recebe o Sampaio Corrêa na Arena Independência, em Belo Horizonte-MG, às 16h30.

Confira a classificação da Série B

Vitória joga melhor e abre o placar

A partida começou com o Vitória melhor do que o Cruzeiro. O Leão marcava em cima, com linhas altas, pressionando a saída de bola do adversário e incomodava bastante. Enquanto isso, a Raposa apresentava dificuldade para chegar à área rubro-negra. Assim, o Vitória conseguiu impor melhor a sua presença no campo ofensivo. Logo aos sete minutos, depois de cobrança de escanteio, João Victor tentou de cabeça, mas Fábio defendeu.

A pressão do Rubro-negro deu resultado e, aos 21 minutos, Marcinho invadiu a área e foi derrubado por Rômulo. Samuel foi para a cobrança e deslocou Fábio, aos 23, abrindo o placar. Depois de conseguir a vantagem, o Leão baixou mais as suas linhas de marcação, buscou se compactar para sair em velocidade no erro do Cruzeiro. Porém, tal postura fez com que o time praticamente abdicasse de atacar, pois não conseguiu fazer uma transição rápida com qualidade. Em falhas da defesa baiana, os donos da casa conseguiram levar perigo aos 38, quando Bruno José invadiu a área pela esquerda e tocou para trás. Rafael Sóbis chegou batendo e Mateus Moraes salvou.

Cruzeiro vira, mas Vitória reage para empatar

Na etapa final, o Cruzeiro voltou com três alterações e com uma agressividade bem alta, justamente para buscar o empate nos minutos iniciais. Apertou e conseguiu. Aos quatro minutos, após cruzamento da esquerda, João Victor errou no corte e cabeceou para o meio da área, onde Wellington Nem tocou para Rafael Sóbis, na cara do gol, balançar as redes. O autor do gol queria mais e aos seis arriscou uma bomba de fora da área. A bola passou do lado direito da trave.

A Raposa arriscou novamente em outras finalizações de fora da área, com Ariel Cabral e Marcinho, mas ambos pararam em defesas seguras de Lucas Arcanjo. Só que essa arma utilizada pelos mineiros acabou dando resultado. Aos 23 minutos, Giovanni emendou um chute forte da intermediária, Pablo Siles desviou no meio da trajetória, tirando totalmente do alcance de Lucas Arcanjo e virando placar.

Depois disso, o Vitória acordou para o jogo. Conseguiu equilibrar mais as ações, impedindo maiores perigos por parte do adversário, mas também se lançou ao ataque e empatou o duelo aos 34. Samuel recebeu um belo passe em profundidade, nas costas da zaga, driblou Fábio e, quase sem ângulo, bateu forte para o gol. Aos 46 minutos, Lucas Arcanjo foi crucial para garantir o empate para o Leão. Marcinho cobrou escanteio, a bola sobrou na pequena área e Ramon finalizou, mas o goleiro rubro-negro saltou para espalmar e fazer uma linda defesa.

Ficha do jogo

Cruzeiro (2)

Fábio; Rômulo (Norberto), Ramon, Eduardo Brock e Jean; Flávio (Giovanni), Ariel Cabral (Adriano) e Rafael Sóbis (Matheus Neris); Wellington Nem, Bruno José e Marcelo Moreno (Marcinho). Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

Vitória (2)

Lucas Arcanjo; Raul Prata, João Victor, Mateus Moraes e Roberto; Pablo Siles, Fernando Neto (Eduardo) e Bruno Oliveira (Soares); Guilherme Santos (David), Marcinho e Samuel (Eron). Técnico: Ricardo Amadeu.

Local: Arena Independência, em Belo Horizonte-MG.

Árbitro: Sávio Pereira Sampaio (DF).

Assistentes: Daniel Henrique da Silva Andrade e José Reinaldo Nascimento Júnior (ambos DF).

Gols: Rafael Sóbis, aos 4′ do 2ºT, e Giovanni, aos 23′ do 2ºT (CRU); Samuel, aos 23′ do 1ºT e aos 34′ do 2ºT (VIT)

Cartões amarelos: Wellington Nem, Bruno José, Giovanni e Jean (CRU); João Victor, Pablo Siles, Roberto e Samuel (VIT).

Continue lendo
1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending