conecte-se conosco
CSA bateu o Brasil de Pelotas fora de casa CSA bateu o Brasil de Pelotas fora de casa

ALCSASérie BÚltimas

CSA vence Brasil-RS e emenda terceira vitória seguida na Série B

Foto: Carlos Insaurriaga/Brasil de Pelotas

Publicados

em

Fora de casa, diante do lanterna da competição, o CSA fez bem o seu papel e saiu vitorioso, ao bater o Brasil de Pelotas-RS por 1 a 0, no estádio Bento Freitas, em Pelotas-RS. O gol do Azulão foi marcado ainda no começo da partida, por Gabriel. Depois de fazer, os alagoanos se seguraram bem na defesa, encurtaram espaços e tiveram chance de ampliar em contra-ataques, duas com Dellatorre, que não viveu dia inspirado. Porém, ainda sofreu sustos no fim.

Com o triunfo, o CSA vai a 28 pontos e alcança a 10ª posição da Segunda Divisão. Por outro lado, o Brasil de Pelotas-RS segue afundado na lanterna do campeonato, com apenas 12 pontos. O Azulão volta a campo na próxima terça (24), às 21h30, diante do Náutico, no estádio Rei Pelé, em Maceió-AL, abrindo o returno. Enquanto que o Xavante atua no domingo (22), às 18h15, contra o Londrina, no interior do Paraná, no estádio do Café.

Confira a classificação da Série B

Xavante assusta, mas CSA abre o placar

O primeiro tempo da partida não teve grandes oportunidades de gol. Foram três chances claras que deram movimentação, mas contrastarem com uma primeira etapa mais truncada. Necessitando muito dos três pontos, o Brasil de Pelotas-RS foi para cima e acertou o travessão logo no primeiro minuto. Kevin recebeu lançamento dentro da área, dominou e bateu forte, mandando no poste. Lucas Frigeri apenas observou e contou, também, com um pouco de sorte.

O CSA não tardou a responder e foi com perfeição. Aos 15 minutos, Renato Cajá recebeu a bola na intermediária e acertou um lindo lançamento para Gabriel, que infiltrou nas costas da zaga e tocou na saída do goleiro, abrindo o placar. Depois disso, o Azulão baixou suas linhas de marcação e dificultou muito para os gaúchos, que precisavam propor jogo e não tinham qualidade suficiente para isso. Em novo contra-ataque, o CSA quase ampliou. Aos 33, Dellatorre recebeu passe em profundidade e chutou em cima do goleiro.

CSA perde chances e Frigeri salva no fim

O Brasil de Pelotas-RS voltou com a postura ofensiva. Logo aos dois minutos, após cruzamento para a área alagoana, o rebote sobrou na quina esquerda de grande área. Paulinho chegou enchendo o pé e obrigou Lucas Frigeri a fazer uma grande defesa. Aos 11, Dellatorre perdeu mais uma grande chance para o CSA. Gabriel recebeu de Ernandes e cruzou para o centroavante, que errou a cabeçada na entrada da pequena área, livre de marcação, e mandou para fora.

Depois disso, a postura da primeira etapa se manteve. O Brasil de Pelotas-RS buscava o ataque, mas se atrapalhava na sua própria falta de qualidade, além da defesa do CSA, bem postada em campo. Além disso, os donos da casa ficaram mais expostos e abriam brechas para os contra-ataques do time alagoano, que acabou pecando algumas vezes no último passe, ou até mesmo na tomada de decisão entre finalizar ou tentar um toque para o companheiro melhor posicionado.

Na reta final da partida, o Xavante ainda teve mais uma finalização perigosa, através de Rildo, mas que parou em intervenção de Lucas Frigeri, que mandou para escanteio. O Azulão não deixou por menos e Marquinhos tentou de cabeça, aos 41, mas parou em Matheus Nogueira. Aos 47, Frigeri, mais uma vez, salvou. Após cruzamento rasteiro, a bola sobrou dentro da área para Rômulo, que bateu de chapa, buscando o alto. O goleiro do CSA foi ágil e tocou na bola com a ponta dos dedos. Ela explodiu no travessão e saiu.

Ficha do jogo

Brasil de Pelotas-RS (0)

Matheus Nogueira; Vidal, Ícaro, Arthur e Paulinho; Diego Gomes (Rômulo), Wesley e Gabriel Terra (Rildo); Kevin, Júnior Viçosa (Erison) e Netto (Ramon). Técnico: Cléber Gaúcho.

CSA (1)

Lucas Frigeri; Éverton Silva (Giva Santos), Lucão, Matheus Felipe e Ernandes; Yuri, Geovane e Renato Cajá (Silas); Gabriel (Marquinhos), Iury Castilho (Bruno Mota) e Dellatorre (Yago). Técnico: Ney Franco.

Local: Estádio Bento Freitas, em Pelotas-RS.

Árbitro: Zandick Gondim Alves Junior (RN).

Assistentes: Francisco de Assis da Hora e George Italo Antas Nogueira (ambos RN).

Gol: Gabriel, aos 15′ do 1ºT (CSA).

Cartões amarelos: Arthur, Ramon (BRP); Lucas Frigeri, Éverton Silva, Iury Castilho(CSA).

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending