conecte-se conosco
Romarinho, meia-atacante do Fortaleza Romarinho, meia-atacante do Fortaleza

CEFortalezaSérie AÚltimas

Fortaleza faz 2º tempo fraco, cede gol, perde pênalti e fica no empate com o Juventude

Leonardo Moreira/FEC

Publicados

em

Juventude x Fortaleza, na prática, pareceu dois jogos diferentes em Caxias do Sul. No primeiro, o Fortaleza se sobressaiu frente a um Juventude com muitas dificuldades criativas e saiu na abriu o placar. No outro, o Leão foi espectador, perdeu um pênalti, e viu um Ju dominante marcar um gol e desperdiçar uma série de chances reais de fazer mais que isso. Ao fim, empate em 1 a 1, com Marcelo Benevenuto marcando para o Fortaleza e Ricardo Bueno empatando.

Como fica?

Com o empate, o Fortaleza perde a chance de assumir a vice-liderança da Série A, mas também não correr riscos de ser ultrapassado. O Juventude é 12º, com 20 pontos, 12 a menos que o Tricolor. Agora, o Juventude só retorna a campo no próximo domingo às 16h, recebendo o São Paulo. No dia seguinte, às 21h30, será a vez o Fortaleza receber o Cuiabá.

Primeiro tempo

O Juventude começou tendo tanto a posse de bola, quanto a proposição ofensiva da partida, usando a velocidade das suas pontas. Isso, porém, durou apenas os primeiros minutos. Quando o Fortaleza entendeu o jogo de recomposição rápida do Juve, não tardou a reagir e encaixar seu jogo.

Aos 11, um chute de fora de Éderson já forçou uma boa defesa de Carné. Aos 16, não houve o que fazer quando Benevenuto subiu na área para concluiu a cobrança de escanteio de Crispim em gol. Carné ainda precisou aparecer bem para salvar o Juventude mais uma vez aos 22, em chances seguidas de Felipe e Bruno Melo.

À frente no placar, o Fortaleza experimentou um momento de controle do jogo, fechando os espaços e subindo mais ao ataque, vendo um Juventude, que, quando tomava a bola, tinha dificuldades para avançar.

Depois, porém, o Juventude foi crescendo e terminou a primeira etapa como havia começado, controlando a posse de bola e os espaços ofensivos. Na hora da finalização, porém, os donos da casa seguiam com dificuldades para quebrar a última linha, caindo em finalizações de fora da área e para fora do gol.

Segundo tempo

Depois do intervalo, o jogo voltou em outra rotação. O Fortaleza tinha mais posse de bola, mas fazia um jogo menos ferino, muito por conta da nova cara do Juventude, que voltou a campo fechando melhor os espaços leoninos.

Assim, o jogo ficou um pouco mais travado, mas as finalizações, ainda que poucas, eram todas dos donos da casa. O Fortaleza só conseguiu chutar aos 5 e, depois, só voltaria a finalizar aos 35. Nesse meio tempo, porém, o placar já não era mais o mesmo.

Aos 25, na segunda boa chegada do Juventude na partida inteira, Sorriso recebeu lançamento direto na direita, ganhou na corrida e cruzou para Ricardo Bueno, no meio da área, encher o pé e estufar as redes de Marcelo Boeck. Aos 33, Bruninho ainda ficou cara a cara com Boeck e desperdiçou uma chance claríssima de gol.

Aos 39, o VAR chamou o árbitro Raphael Claus e o toque da bola no braço de Guilherme Castilho resultou em um pênalti para o Fortaleza. Na cobrança, Bruno Melo acertou a trave e desperdiçou a que seria sua chance de sair de campo com a vitória.

Ficha do jogo

Juventude 1
Marcelo Carné; Michel Macedo (Paulo Henrique), Vitor Mendes, Didi e William Matheus; Matheus Jesus (Bruninho), Guilherme Castilho e Wagner (Marcos Vinicios Sorriso); Paulinho Bóia, Capixaba (Chico) e Ricardo Bueno. Técnico: Marquinhos Santos.

Fortaleza 1
Marcelo Boeck; Tinga, Marcelo Benevenuto e Bruno Melo; Éderson, Felipe (Luiz Henrique), Matheus Jussa e Lucas Crispim; Romarinho (Matheus Vargas), David (Osvaldo | Igor Torres) e Robson Fernandes (Ángelo Henríquez). Técnico: Juan Pablo Vojvoda.

Local do jogo: Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul-RS
Árbitro: Raphael Claus (Fifa-SP)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (Fifa-SP) e Fabrini Bevilaqua Costa (Fifa-SP)
Gols: Marcelo Benevenuto (15’/1ºT | FOR), Ricardo Bueno (25’/2ºT | JUV)
Cartões amarelos: Matheus Jesus (JUV), Felipe (FOR)

Trending

Copyright © 2020 NE45. Todos os direitos reservados