Connect with us
Sport_Chapecoense Sport_Chapecoense

PESérie ASportÚltimas

Sport repete erros, empata com a Chapecoense e desperdiça chance de sair do Z4

Foto: Anderson Stevens/Sport Club do Recife

Published

on

O Sport apostou em uma formação mais aberta, povoando o meio de campo para dar sustentação ao ataque, mas, na prática, as mudanças pouquíssimo surtiram efeito imediato. Porque o Leão, em confronto direto pelo Z4 com a Chapecoense, na tarde deste sábado, na Ilha do Retiro, precisava vencer para estancar uma sangria de três partidas sem vitória, e não conseguiu. Sob os olhares do novo técnico Gustavo Florentín e apresentando as mesmas deficiências ofensivas, ainda que tenha ‘consagrado’ o goleiro Keiller, decisivo no confronto, o time pernambucano ficou em um insosso 0 a 0 com a Chape, pela 18ª rodada da Série A, e ainda contou com Thiago Neves, expulso.

Resultado que deixa o Rubro-negro estacionado na 18ª posição na tabela, com 16 pontos conquistados – em caso de triunfo, por exemplo, poderia sair provisoriamente da zona de rebaixamento. Na próxima rodada, o Sport volta a campo daqui a apenas oito dias, contra o Athletico-PR, na Arena da Baixada, pela última rodada do primeiro turno da Série A.

Sport muda meio de campo, mas segue travado e não agride a Chapecoense no primeiro tempo

Na tentativa de melhorar a criação no meio de campo do Sport, deficiência que vem se mostrando recorrente, o interino Ricardo Severo colocou para jogo Thiago Neves, Gustavo e Hernanes. Três meias – embora Hernanes tenha atuado mais como um segundo volante – que pouco surtiram efeito imediato na produção ofensiva da equipe. Não à toa, o Leão teve apenas uma chance de real perigo criada contra a Chapecoense durante todo o primeiro tempo. Aos 14, Hernanes fez jogada curta na esquerda, cruzou para Pedro Henrique cabecear e Keiller defender quase à queima roupa. A Chape, por sua vez, embora tenha aproveitado as brechas na defesa do Sport logo no início da partida – principalmente com os sucessivos erros de passe de Pedro Henrique – , para recuperar a bola e partir em contra-ataque, com Bruno Silva conduzindo as investidas na ponta esquerda, também pouco fez para chegar minimamente próxima ao gol de Maílson.

Cassio_print
O leão tem apenas 2 gols em 9 jogos na Ilha do Retiro. Não conseguiu ser efetivo nem diante do lanterna, vazado nos 14 jogos anteriores. Se escapar, será o maior trabalho da vida de Florentín.

Sport volta mais aceso, mas Keiller se consagra e Chapecoense abusa em desperdiçar chances

Diferentemente do primeiro tempo, o Sport teve ímpeto, sendo muito mais aceso no jogo. Em 15 minutos, criou cinco ótimas chances para abrir o placar na Ilha do Retiro, com Sabino, Thiago Neves, Cristiano, Mikael e Gustavo, na sequência. Em comum a todas elas, porém, foi o ‘fator Keiller’. O goleiro da Chapecoense pegou todas, tendo atuação decisiva para evitar a desvantagem da equipe catarinense. A partir deste momento, porém, o Verdão se lançou mais ao ataque, aproveitando os novos deslizes de Pedro Henrique. Aos 19, o zagueiro errou passe, Bruno Silva aproveitou e fez a finalização, mas Mailson defendeu. No rebote, Anselmo Ramon chutou, só que a bola foi para fora. Aos 23, Bruno Silva ganhou no mano a mano com o zagueiro do Sport e fez a finalização. Depois, aos 33, Perotti pegou bola na sobra e desperdiçou mais uma chance. Sem conseguir reagir ofensivamente, o Sport ainda perdeu Thiago Neves, expulso. Mesmo assim, não sofreu tanto, apesar da desvantagem numérica, ainda criando uma boa oportunidade com cabeceio de Leandro Barcia, mas a finalização acabou novamente defendida por Keiller.

Ficha do jogo

Sport 0

Mailson, Hayner, Sabino, Pedro Henrique (Marcelo) e Sander; Zé Welison, Hernanes (Everton Felipe) e Thiago Neves; Gustavo (Luciano Juba), Cristiano (Leandro Barcia) e Mikael (Trellez). Técnico: Ricardo Severo.

Chapecoense 0

Keiller, Matheus Ribeiro, Joilson (Kadu), Jordan e Busanello; Léo Gomes (Geuvânio), Allan Santos (Moisés Ribeiro), Denner e Mike; Anselmo Ramon (Fabinho) e Bruno Silva (Perotti). Técnico: Dino Camargo.

Local: Ilha do Retiro
Árbitro: Jefferson Ferreira de Moraes (AB/GO)
Assistentes:
 Cristhian Passos Sorence (GO) e Edson Antônio de Sousa (GO)
Cartão amarelo:
Thiago Neves (S), Moisés (C),
Cartão vermelho: Thiago Neves (S)

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending

Copyright © 2020 NE45. Todos os direitos reservados