conecte-se conosco
Terceiro uniforme do CSA Terceiro uniforme do CSA

ALCSASérie BÚltimas

CSA lança 3º uniforme e homenageia afetados por afundamento do solo em Maceió

Foto: CSA/Divulgação

Publicados

em

O CSA lançou, nesta segunda-feira (6) seu terceiro uniforme para a temporada. Em um tom mais escuro de azul, a camisa homenageia os moradores de Maceió afetados pelo crime ambiental causado pela mineradora Braskem, que extraía sal-gema na capital alagoana. Com a extração desenfreada, quatro bairros simplesmente começaram a afundar. Foram eles Pinheiro, Bebedouro, Bom Parto e Mutange, onde o Azulão foi fundado e tinha seu centro de treinamentos.

O desastre começou em 2018, com o aparecimento de rachaduras e um tremor de terra no bairro de Pinheiros. A partir daí, o afundamento no local e em outros bairros foram acontecendo, comprometendo toda a infraestrutura e tornando inviável – além de perigosa – a permanência das milhares de famílias na região. Com a extração feita pela mineradora, o solo começou a ceder e se reacomodar, devido a retirada do minério do solo e a entrada de água. Uma tragédia mesmo.

Afetado diretamente pelo crime cometido pela Braskem, o Azulão realizou essa homenagem, inclusive com a produção de um vídeo sobre a história dos bairros e como eles estão marcados na história do clube.

“No Mutange eterno vencedor! Nosso terceiro uniforme é mais do que um manto. É uma homenagem aos moradores do Bebedouro, Bom Parto, Mutange e Pinheiro. Histórias foram criadas e vidas foram construídas nessas regiões, e para sempre permanecerão na memória de seus moradores”, disse o CSA, através do seu perfil no Twitter.

Imagem
Foto: CSA/Divulgação
Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Trending