conecte-se conosco
Didira, meia do CSA Didira, meia do CSA

ALCSASérie BÚltimas

Com status de “mito” Didira é oficializado no CSA e fala em lutar pelo acesso

Publicados

em

Com status de “mito”, o meia Didira teve seu retorno ao CSA oficializado pelo clube alagoano na noite desta segunda-feira (13). O jogador, de 33 anos e que estava no Brasiliense, volta ao Azulão após quase dois anos. Pelo clube, o jogador conquistou três acessos consecutivos, tirando o CSA da Série D e levando até a Série A. Além disso, conta com dois títulos estaduais.

“Com a camisa do Azulão, Didira disputou mais de 150 jogos, foi bicampeão alagoano (2018-2019), campeão da Série C (2017) e conquistou três acessos seguidos no Campeonato Brasileiro. Querido pela Nação Azulina, o meia ficou marcado pela dedicação, gols importantes e por sempre honrar o manto azulino. Seja bem-vindo de volta, Didira! A maior torcida de Alagoas te abraça novamente e deseja sucesso neste retorno”, publicou o CSA, em suas redes sociais.

“Como você descreve a passagem do mito pelo Azulão? Aqui vão algumas palavras…Guerreiro, Amigo, Líder, Incrível, Nacional ele tem, Herói, Amado por todos, Diferenciado, Azulino”, publicou o clube, em outra postagem.

Carinho devidamente retribuído pelo jogador, que também usou as redes sociais para festejar o retorno ao CSA. “Estar de volta ao CSA é algo que me deixa muito feliz. É um clube que tenho história, que construí ao longo do tempo uma relação muito boa com o torcedor e os dirigentes. É uma segunda casa. Estou feliz com esse reencontro. Assim como na passagem anterior, vou dar a minha vida em campo para ajudar o grupo nesta sequência da Série B. Conheço muito o CSA e sei da sua grandeza. Não vai faltar entrega e comprometimento da minha parte nestes próximos meses”, prometeu.

O último jogo de Didira foi no último domingo, no empate do Brasiliense por 0 a 0 coma Ferroviária, pela partida de ida da segunda fase da Série D. Assim, o jogador chega ao CSA em ritmo de jogo. Ao todo, na temporada, o meia fez 26 jogos pelo Brasiliense e outros três pelo Santa Cruz.

“Quero repetir o sucesso na passagem anterior na busca do acesso. Colocar o CSA na primeira divisão será fantástico. Quero estar presente nisso. Temos chances. Nosso elenco é bom, a comissão técnica conhece o grupo e isso ajuda. Temos totais condições de ter sucesso nesta sequência da Série B”, disse, otimista.

Com 29 pontos, o CSA está na 12ª colocação da Série B e não vence há quatro partidas (três derrotas e um empate). O time volta a campo no próximo sábado para enfrentar o Londrina, fora de casa.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Trending