conecte-se conosco

PESanta CruzSérie CÚltimas

Joaquim Bezerra assume culpa por erros da gestão, nega apego à presidência e pede união no Santa

Publicados

em

Em reunião do Conselho Deliberativo na realizada na noite desta terça-feira, o presidente do Santa Cruz, Joaquim Bezerra pediu a palavra. Visivelmente cabisbaixo, assumiu a culpa pelos erros cometidos na temporada 2021, em que o clube caminha a passos largos para uma nova queda à Série D, e fez questão de ressaltar não ter apego à presidência, pedindo união para o reerguimento do Santa Cruz.

“Estou aberto e sempre estive para qualquer pessoa, para o diálogo, para que a gente possa criar um grupo e, harmonicamente, conduzir o Santa Cruz. Eu não tenho nenhum apego ao cargo de presidente, nunca tive. E o que quero, simplesmente, é que todos possam vir participar. As portas aqui do clube sempre estiveram abertas para todos, e assim continuarão enquanto eu estiver aqui. Eu quero conclamar a todos para um pacto, onde todos possam participar, com responsabilidade, para que a gente possa resgatar o Santa Cruz”, disse.

Além de lamentar a iminente queda para a Quarta Divisão, Joaquim detalhou o trabalho de condução do departamento de futebol desde o início da gestão do Pró-Santa, incluindo o período de transição, reconhecendo as falhas iniciais no planejamento do Santa Cruz.

No pronunciamento, o presidente explicou que toda a direção, a partir do momento em que os resultados em campo não vieram, tratou de imediatamente buscar fazer as ‘correções’, ‘recuperar o tempo perdido’, mas que o trabalho ‘não teve sucesso’.

“A gente está na iminência de cair para a Série D. Isso é uma coisa que não alegra ninguém, muito menos a mim. Sobre a condução do trabalho no departamento de futebol, recebemos uma base para trabalhá-la e seguir com as contratações que deveriam ser devidas para fazer um time vencedor. Iniciamos o trabalho para a mudança de técnico e, a partir daí, as contratações de jogadores. Tivemos a infelicidade de começar contratando errado e procuramos fazer correções. A gente vem há um, dois meses, tentando recuperar esse tempo perdido. Infelizmente, a gente não tem tido sucesso no resultado dentro de campo”, acrescentou.

Trending