conecte-se conosco
Álvaro, meia do Confiança Álvaro, meia do Confiança

ConfiançaMASampaio CorrêaSESérie BÚltimas

No 1º jogo no Nordeste com torcida desde início da pandemia, Confiança bate Sampaio Corrêa pela Série B

Publicados

em

No jogo que marcou o retorno do público ao estádio no Nordeste desde o começo da pandemia, o Confiança aproveitou o fator casa e saiu vitorioso em cima do Sampaio Corrêa, ao bater os maranhenses por 2 a 0 com dois gols de Jhemerson. Resultado também encerrou jejum do Dragão na Série B, que vinha sem vencer há sete jogos, e mantém a oscilação da Bolívia, que não ganha há três partidas.

Com o resultado, o Confiança chega a 17 pontos e ultrapassa o Brasil de Pelotas, ficando agora na vice-lanterna da Segundona. Enquanto que o Sampaio Corrêa fica estacionado 35 pontos, no sétimo lugar, podendo ainda perder uma posição na rodada. O time proletário volta a campo na próxima terça (21), às 21h30, contra o Vila Nova, no OBA, em Goiânia-GO. Já o Paio, que também joga no mesmo dia, recebe o Brusque às 19h, no Castelão, em São Luís-MA.

Confira a classificação da Série B

Confiança tem mais ímpeto e é premiado

A partida começou equilibrada no estádio Batistão, que voltou a ter público. Truncado, com bastantes erros das duas equipes, não se viu um bom futebol inicialmente. Mas, pela vontade demonstrada, o Confiança foi ganhando campo e se impondo. Aos 13 minutos, após cruzamento de João Paulo, Tiago Reis cabeceou para grande defesa de Luiz Daniel.

Era o Confiança quem mais buscava jogo, verticalizando e finalizando as jogadas sempre que possível. Enquanto que o Sampaio Corrêa, jogando de maneira burocrática, tinha mais posse de bola, mas sofria bastante para criar e pouco incomodou o goleiro Rafael Santos na primeira etapa. Melhor em campo, o Dragão abriu o placar aos 32. Ítalo recebeu pela esquerda, puxou e tocou para a entrada da área, onde chegou Jhemerson para bater no canto do goleiro. A única tentativa do Paio veio aos 44, quando Jean Silva cruzou na cabeça de Diego Cardoso, que cabeceou e o goleiro salvou.

Pouca criatividade do Paio é castigada

Na segunda etapa, o Sampaio Corrêa tentou se lançar ao ataque para buscar o empate. Tentou colocar o Confiança na parede, mas dava espaços para contra-ataques. A primeira boa chance foi da Bolívia Querida, aos nove minutos. Betinho aproveitou uma sobra de bola e emendou para a meta, mas Rafael Santos defendeu bem. Aos 14, em um contra-golpe, o Dragão ampliou. Álvaro desceu pela direita, cruzou forte e Ítalo evitou a saída do outro lado. Ele cruzou novamente, Álvaro desviou para o meio e Jhemerson, de cabeça, marcou de novo.

O Confiança se fechou um pouco mais, buscando encurtar espaços e deixando o Sampaio Corrêa com a posse de bola, que vinha sendo pouco produtiva, tal qual nos primeiros 45 minutos. Os maranhenses tentaram assustar aos 35 novamente, com chute de Léo Artur da intermediária, mas a bola passou ao lado da barra. O Dragão soube administrar e conseguiu voltar a vencer na Série B após sete partidas.

Ficha do jogo

Confiança (2)

Rafael Santos; Jonathan Bocão (Rafael Vila), Adalberto, Nirley e João Paulo (Lucas Sampaio); Madison, Jhemerson (Vinícius Barba), Ítalo e Álvaro; Willians Santana (Neto Berola) e Tiago Reis (Lohan). Técnico: Luizinho Lopes.

Sampaio Corrêa (0)

Luiz Daniel; Watson (Luís Gustavo), Joécio, Éder Lima e Matheus Mascarenhas (Zé Mário); Ferreira, Betinho (Márcio Araújo) e Léo Artur; Jean Silva, Nadson (Jarro Pedroso) e Diego Cardoso. Técnico: Felipe Surian.

Local: Estádio Batistão, em Aracaju-SE.

Árbitro: Dyorgines José Padovani de Andrade (ES).

Assistentes: Fabiano da Silva Ramires e Katiuscia Berger Mendonça (ambos ES).

Gols: Jhemerson, aos 32′ do 1ºT e 14′ do 2ºT (CNF).

Cartões amarelos: Álvaro, Tiago Reis, Adalberto e Rafael Vila (CNF); Watson, Luís Gustavo, Betinho e Joécio (SAM).

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending