conecte-se conosco

CEMAPBPIRNSérie DÚltimas

Brasiliense pede no STJD anulação de jogo e suspensão das oitavas de final da Série D

Foto: Jonatan Dutra/Ferroviária SA

Publicados

em

Eliminado pela Ferroviária no último sábado (18) ao ser derrotado no jogo de volta, em Araraquara por 1 a 0, o Brasiliense ingressou nesta quarta-feira no Superior Tribunal de Justiça Desportiva com um pedido de anulação da partida e consequentemente suspensão, através de liminar, de toda a terceira fase da competição, com início no próximo fim de semana. Ao todo, sete clubes nordestinos seguem na disputa.

No sábado (25), o Campinense faz o jogo de ida contra o Guarany de Sobral, no estádio Amigão, enquanto o Atlético-CE recebe o Paragominas. Já no domingo (26), será a vez do duelo entre América-RN e Moto Club, na Arena das Dunas, e entre 4 de Julho e ABC, na Arena Ytacoatiara.

Para o duelo em Natal, a diretoria americana, inclusive, já iniciou a venda de ingressos uma vez que a CBF autorizou a volta de público na competição nas cidades em que haja essa autorização.

O pedido do Brasiliense de anulação da partida contra o Ferroviário se baseia em uma possível interferência externa na marcação do pênalti que culminou no gol da vitória da equipe paulista (que enfrenta o Esportivo-RS nas oitavas).

Ferroviária e Brasiliense se enfrentaram no dia 18 de setembro, na Fonte Luminosa. Aos 22 minutos do segundo tempo, o árbitro marcou falta quando Júlio Vitor puxou ataque pela esquerda e foi derrubado na linha da grande área. A equipe da Ferroviária reclamou de pênalti e a confusão se instaurou por quase 15 minutos. O pênalti foi convertido, a Ferroviária venceu a partida e garantiu vaga nas oitavas de final da Série D.

Caso seja comprovada interferência externa na marcação do pênalti, o Brasiliense alega erro de direito na partida, uma vez que, segundo o clube, o árbitro da partida e o bandeirinha aplicaram falta fora da aérea, e em sequência, sem qualquer explicação lógica e auxilio legal de imagens da partida, voltaram atrás na decisão para assinalar pênalti para a Ferroviária quando várias pessoas haviam adentrado o campo da partida.

Trending